Clique e assine por apenas 6,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e dos tragos. Escrito por Saulo Yassuda

Na Vila Madalena, Croma Beer Co. serve chopes inusitados; leia a crítica

O misto de fábrica e bar -- ou brewpub -- tem quinze torneiras que extraem boas cervejas

Por Saulo Yassuda - 7 Jun 2019, 06h00

Ingredientes como coco, abóbora, cravo e canela têm lugar garantido em algumas receitas cervejeiras do paulistano Rodrigo Nogueira e do venezuelano de Caracas Hector Aguilera. A dupla de empresários, dona da Croma Beer Co., investe nesses e em outros itens que rendem líquidos de sabores pouco ortodoxos.

A porção de fish and chips Divulgação/Divulgação

Parte da produção é feita no misto de fábrica e bar — ou brewpub — que leva o nome da marca. O restante vem de uma fábrica em Jaboticabal (SP).

O chope turrón (R$ 18,00, 200 mililitros), encorpado e de respeitáveis 12% de teor alcoólico, mostra-se um bom barley wine com adição de coco queimado na maturação da versão com cevada.

Carregado em especiarias, o under my skin (R$ 20,00, 300 mililitros; R$ 25,00, 400 mililitros) faz parte do estilo escuro brown ale e leva abóbora e lactose na fórmula, o que o deixa com textura aveludada.

Continua após a publicidade
Quinze torneiras de chope, alguns sazonais e outros mais frequentes Divulgação/Divulgação

As bebidas, extraídas de quinze torneiras, são sazonais, mas há chopes que dão as caras mais frequentemente. É o caso do sunshine (R$ 22,00, 300 mililitros; R$ 28,00, 400 mililitros), um aromático juicy IPA que desce bonito.

A indecisão bateu? É possível provar cinco variedades em copos de 80 mililitros por R$ 45,00. Forra o estômago o fish and chips, que vem na forma de tiras de pescada-branca empanadas com gergelim ao lado de fritas (R$ 26,50).

Confira o cardápio:

Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Continua após a publicidade

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha. É só clicar aqui.

Publicidade