As propagandas ufanistas do governo dos anos 70

As crianças daquela época não esqueceram esses slogans

Muito se fala nos tempos de chumbo do governo militar que regeu o Brasil de 1964 a 1985. Perseguições políticas, sentimento de ufanismo forçado e afirmação de valores morais. Quem já era adulto naquela época, conviveu com essa realidade e tinha a preocupação de um dia o país ser mais justo e seus cidadãos mais livres. Mas, quem era apenas criança, só convivia com situações que para elas eram normais, como cantar o hino nacional todos os dias antes de entrar para a aula, em fila.

As crianças também se acostumaram com propagandas do governo com slogans que acabaram ficando na memória, campanhas para mostrar o quão o Brasil era grande e importante no cenário mundial, mesmo que isso não fosse verdade. Comerciais e músicas na televisão marcaram uma geração de crianças, principalmente aquelas em idade escolar, pois era nas escolas que as campanhas tomavam mais força.

Relembre alguns dos slogans das campanhas ufanistas do regime militar, hoje uma mera curiosidade, mas que eram levadas muito a sério naqueles tempos.

  • Você também é responsável

Campanha para alfabetização de adultos, usada com a criação do Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), em 1968. A campanha usava a música de Dom & Ravel como tema.

 

  • Ninguém mais segura este país

Criado para a semana da pátria, em 1970, logo após o Brasil ter conquistado o tricampeonato de futebol.

  • Carro a álcool, você ainda vai ter um

Etanol como combustível já tinha sido testado desde os anos 20, mas foi nos anos 70, com a crise mundial do petróleo, que o governo brasileiro apostou no combustível como forma de substituir a gasolina, criando o programa ProÁlcool. O primeiro carro a álcool do Brasil foi lançado em 1978, era um Fiat 147, mas as outras montadoras que tinham fábricas por aqui, Volkswagen, General Motors e Ford, também desenvolveram suas versões de motores a álcool para seus veículos mais populares.

 (Reprodução/Veja SP)

 

  • Este é um país que vai pra frente

Esse slogan gerou uma música que era cantada nas escolas, principalmente nos desfiles de fanfarras do 7 de setembro, e também foi gravada pelo conjunto Os Incríveis, e até pelo Silvio Santos. Dizem que um programa dos Trapalhões foi tirado do ar na época porque eles cantaram essa música marchando pra trás!

 

  • Brasil, ame-o ou deixe-o

Talvez o slogan mais conhecido de todos, apesar de sua conotação autoritária. Significava praticamente “aceite o regime ou será perseguido”, segundo historiadores. Foi também o mais divulgado e o mais lembrado por quem viveu aqueles anos.

  • O Brasil é feito por nós

Campanha para o dia da pátria do final dos anos 70.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s