Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Casa Jacarepaguá tem mostra coletiva sobre a pandemia

Jack Neto, o Leiga Art, Mônica Barbosa e Priscila Barbosa são alguns dos nomes participantes

Por Tatiane de Assis Atualizado em 24 jun 2021, 21h10 - Publicado em 25 jun 2021, 06h00

Fechado para Balanço está em cartaz na Casa Jacarepaguá. A mostra coletiva tem a participação de oito artistas, como Jack Neto, o Leiga Art, Mônica Barbosa e Priscila Barbosa, que, apesar do sobrenome comum, não têm parentesco. A pandemia de Covid-19 funciona como fio condutor para a exposição. Isso porque as obras foram feitas no começo de 2021 e, a pedido do galerista José Brazuna, que foi também o curador, os trabalhos selecionados de cada um deveria funcionar como uma dupla.

Uma peça tinha de refletir as angústias vividas em 2020, e a outra, as esperanças do novo ciclo que se iniciava. Agora, já no meio do ano que prometia um horizonte melhor, o cenário não é dos mais animadores, mas quem sabe até dezembro, com mais pessoas vacinadas, a opinião sobre 2021 mude.

Uma mulher observa uma mostra. Há quadros na parede. O que ela olha é colorido e abstrato
Jack Neto: angústia e esperança juntas Adriana de Maio/Divulgação

Casa Jacarepaguá. Rua João Della Manna, 1228, Butantã, ☎ 97158-9878. Segunda a sexta, 12h às 19h. Grátis. As visitas devem ser agendadas por telefone. Até 31 de julho.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 30 de junho de 2021, edição nº 2744

  • Continua após a publicidade
    Publicidade