Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Vista mostra sabores do Brasil na cobertura do MAC-USP; leia minha crítica

Da nova e concorrida casa do chef Marcelo Corrêa Bastos, aprecia-se a paisagem do Parque Ibirapuera

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 21 abr 2019, 11h42 - Publicado em 29 jun 2018, 07h00

O privilégio não é pequeno. Inaugurado em abril, o Vista ocupa a cobertura do antigo prédio do Detran, cujas formas têm o arrojado desenho de Oscar Niemeyer e que, desde 2012, abriga o Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP). Da área de 2 200 metros quadrados, 550 foram reservados para o restaurante comandado pelo sócio Marcelo Corrêa Bastos.

O chef paranaense despontou como um dos grandes talentos da gastronomia de São Paulo no Jiquitaia, casa que hoje caminha com o cardápio criado por ele, mas sob orientação de sua irmã, Carolina Bastos.

O chef: Marcelo Corrêa Bastos Clayton Vieira/Veja SP

No cenário, que tem como visual o Parque Ibirapuera, parte de Moema e da Vila Mariana, as receitas criadas por Bastos brilham e atraem multidões todas as noites e nos almoços de fim de semana.

Apreciado em todos os cantos do país, o quibe, apresentado aos brasileiros por libaneses e sírios, tem formato de bolinhas preparadas com carne de cordeiro e diabolicamente picantes ao paladar (R$ 32,00).

Continua após a publicidade

Delícia caipira, a cambuquira de abóbora ou chuchu com milho verde é salpicada com sutileza de pimenta-jiquitaia depois de se transformar num tempurá sequinho (R$ 29,00).

O Pará aparece em seu prato-símbolo, o pato no tucupi (R$ 99,00). É composto do duo bronzeado de coxa e sobrecoxa e do peito alto da ave em um naco rosado e sumarento. Vem com arroz, que merece ser deixado de lado, para se concentrar na farinha que também o acompanha e aproveitar melhor o caldo de pato com jambu, além do tucupi servido à parte.

Vista: ambiente disputado na cobertura do MAC-USP Clayton Vieira/Veja SP

Um docinho? A torta de caramelo e mascarpone com sorvete de castanha-do-pará (R$ 28,00), feita pelo subchef Pedro Frade, lembra a consistência de um pudim firme com castanhas crocantes por cima.

Na chegada ou na saída do museu, reserve alguns minutos no térreo para fazer uma selfie com o gato gigante criado pela artista Nina Pandolfo, atração extra no passeio.

Continua após a publicidade

Avaliação: MUITO BOM (quatro estrelas)

Clique para conferir o cardápio:

Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram. As novidades quentes aparecem também no meu Twitter.

Publicidade