Em menos de um ano, a pizzaria Itzza inaugura a segunda unidade

Casa, que apresenta sabores e massas diferentonas, ganha espaço moderninho em Higienópolis

Quem diz que pizza não pode ser associada ao público fitness está enganado. A pizzaria Itzza aposta justamente nesse segmento com massas diferentonas de batata-doce, mandioca, couve-flor e brócolis, além da tradicional, de fermentação natural que demora 36 horas para atingir o ponto ideal. Há pouco menos de um ano de comemorar a inauguração da casa-mãe,  Itzza volta a investir e abre a segunda unidade. A partir desta terça (9), a marca chega ao número 31 da Praça Vilaboim, em Higienópolis, local onde antes funcionava o Sushi Papaia.

O quarteto de sócios revela que os 750 000 reais investidos para a abertura da filial vieram dos lucros da casa do Itaim. “Tivemos um retorno um pouco maior do que esperávamos”, conta Oscar Leite, um dos donos. Na escolha do novo endereço, manteve o mesmo padrão da primeira casa.

A unidade, pertinho da Faap: em ambiente de pegada industrial com grafites nas paredes

A unidade, pertinho da Faap: em ambiente de pegada industrial com grafites nas paredes (Eduardo Pozella/Divulgação)

Um sabor exclusivo foi criado especialmente para marcar a novidade. Batizado de venice, é preparado com queijo gruyère, alcachofra, tomate cereja e grana padano. Como as demais opções do cardápio, é individual e a mais da lista. Custa 50 reais.

Todos os outros sabores, como a margheritzza, que leva molho de tomate, mussarela, crispy de parmesão, tomate confit e pesto de manjericão, são vendidos em tamanhos individuais e custam 35 reais.

Pizza margheritzza: molho de tomate, mussarela, crispy de parmesão, tomate confit e pesto de manjericão

Pizza margheritzza: molho de tomate, mussarela, crispy de parmesão, tomate confit e pesto de manjericão (Henrique Peron/Divulgação)

Os clientes ainda podem adaptar o gosto e necessidades às opções da casa de massas e coberturas. A personalização e a oferta de massas sem glúten e com redução de carboidratos faz sucesso com o público. “Quando começamos a operar, a massa tradicional vendia mais. Depois de quatro meses, a versão de couve-flor passou a ser 50% dos pedidos”, revela Oscar.

A expansão da marca em modelo de franquia está no radar até o fim de 2020. Por enquanto, os sócios pretendem inaugurar mais três unidades de administração própria.

A proximidade a campi de centros universitários, como FMU, no Itaim, e FAAP, em Higienópolis. Não é por acaso. As pedidas costumam atrair um público jovem, tanto pelas pizzas quanto pelo ambiente moderno, com tijolos aparentes e grafites pelas paredes.

A conferir.

Itzza – Vilaboim
Praça Vilaboim, 31, Higienópolis, 2372-5875.
12h/15h e 18h30/23h (qui. a sáb. jantar até 0h; sáb. almoço 13h/16h; dom. 17h/23h30)

Com reportagem de Gabriela Santos

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha.

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s