Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Homem que jogou cachorro por cima do muro de ONG é identificado

Segundo a polícia, o acusado é fazendeiro e teria decidido abandonar o cachorro porque o animal comia as galinhas de sua propriedade

Por Veja São Paulo 12 dez 2016, 19h48

O homem que foi flagrado jogando um cachorro por cima do portão da UIPA (União Internacional Protetora dos Animais), na cidade de Itapetininga, interior de São Paulo, foi identificado nesta segunda (12). Segundo a polícia, ele é um fazendeiro e tem mais de 50 anos de idade. A localização foi possível por conta da placa de sua caminhonete, que aparece nas filmagens das câmeras de segurança da ONG.

O caso está sendo investigado pela 2° Delegacia de Polícia de Itapetininga. No processo contra o suspeito, estão correndo dois crimes: o de maus tratos contra animais e abandono. Como o homem foi flagrado, a pena pode ser detenção de 1 a 3 anos ou multa e serviços à comunidade. A polícia espera concluir o processo até terça (13), caso seja confirmada a oitiva com o suspeito.

Em sua página no Facebook, a UIPA confirmou que o cachorro está bem de saúde, não apresenta nenhum ferimento grave e está em um lar transitório até que seja encaminhado para adoção, após a conclusão do inquérito.

Desde o dia 7 do mês, é possível fazer denúncias pela internet, através da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal. As denúncias de maus-tratos e abusos contra os animais podem ser feitas clicando aqui

 

Continua após a publicidade
Publicidade