ROTEIRO

Doze endereços onde o seu pet é mais que bem-vindo

Além de passe livre, casas pet friendly oferecem alguns mimos para o seu animalzinho

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Pets: Brado Guia
Casas pet friendly: nestes restaurantes e bares, o seu cãozinho pode entrar e ficar (Foto: Divulgação/Guia Pet Friendly)

Foi-se o tempo em que os estabelecimentos se recusavam a receber clientes acompanhados de seus bichinhos. Uma grande parcela dos endereços que dispõem de áreas ao ar livre libera não só a entrada dos pets, mas também oferecem mimos e espaços exclusivos. É o caso da Frutaria São Paulo e do restaurante Brado, que disponibilizam água como cortesia e comidinhas. Listamos abaixo doze endereços para levar o seu pet sem medo:                                           

1. Alto da Harmonia: o bar instalado em uma charmosa construção de três andares permite que os pets circulem livremente no jardim e nas áreas externas. Na parte interna, eles devem permanecer no colo dos clientes. O cardápio exibe uma seção exclusiva para os amigos de quatro patas, com rações e um prato de arroz integral, frango e cenoura (R$ 18,00). 

2. Brado: os pets podem circular na área externa do restaurante, que oferece também alguns pequenos agrados como água e bifinhos de cortesia.

Pets: brado
Brado: água de cortesia (Foto: Divulgação/Guia Pet Friendly)

3. BrewDogé um dos poucos bares que permitem que os bichos fiquem nos ambientes interno e externo.

4. Bullguer: o deck lembra a proa de uma embarcação, onde os pets têm passe livre.

+ O teste dos pastéis de belém

5. Condessa Bistrô: nesse endereço, os pets circulam pela varandinha coberta na área externa. 

6. Davvero Gelato: oferece um espaço externo para o pet com bebedouro exclusivo. 

Pets: davvero
Davvero: área exclusiva aos pets (Foto: Reprodução)

7. Empório Alto dos Pinheiros: na entrada ficam as mesas comunitárias da cervejaria, e os animais podem circular por ali numa boa. 

8. Frutaria São Paulo: os três endereços na cidade contam com uma varanda agradável na área externa, na qual os pets são paparicados. Não há um cardápio específico para os cães, mas é possível pedir para eles potes de água e frutas selecionadas.

9. Le Vin Bistrô: em cinco mesas na calçada da Alameda Tietê, o cliente pode desfrutar os pratos do restaurante francês ao lado de seu bichinho. Há um bom espaço entre as mesas para abrigar os animais.

11. Pé no Parque: localizado a cerca de 500 metros do portão 7A do Parque Ibirapuera, o endereço é ideal para forrar o estômago após uma caminhada com o seu cão. O local disponibiliza duas mesas ao ar livre ao clientes que desejam ficar ao lado do animalzinho.

Pé no Parque
Pé no Parque: quase colado ao Parque Ibirapuera (Foto: Leo Feltran)

12. Petí Gastronomia: ali, os cães não entram no restaurante. Permanecem em um espaço especial, perto da horta no quintal. Pela janela, os donos observam os ânimos de seus bichinhos. 

+ Cachorro tem reação emocionante ao ser adotado

+ 23 coisas que só quem tem gato pode entender

Fonte: VEJA SÃO PAULO