Bares

Onde beber o refrescante drinque de vinho do Porto e tônica

Coquetel é conhecido como porto-tônica

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

Taberna 474
Vinho do Porto extra dry: combinação de gomo de limão- siciliano e hortelã (Foto: Romulo Fialdini)

A mistura de vinho do Porto -- geralmente em sua versão branca -- e água tônica é conhecida pelos portugueses como porto-tônica ou portonic. Em São Paulo, o drinque ganha um número crescente de adeptos em bares e restaurantes, sejam eles portugueses ou não.

Confira abaixo uma lista de estabelecimentos que servem o refrescante coquetel.

Aconchego Carioca - Neste bar com matriz no Rio de Janeiro, o porto-tônica (R$ 22,00) é aromatizado com uma rodela de laranja.

Bar Balcão - Chega à mesa uma dose de Porto branco seco misturado a gelo, e a água tônica vem separada. O cliente é quem monta o coquetel (R$ 19,00).

Bar da Dona Onça - Dedicado aos pratos caipiras, o bar é montado sob o Copan. Aqui, prepara-se a receita na versão tinta. Custa R$ 25,00.

Le Jazz - Chamado de porto de verão, o coquetel leva vinho do Porto branco, água tônica e angostura nessa versão do bistrô francês. Custa R$ 16,00.

Spot - O badalado restaurante apelida o coquetel de drinque de piscina. A mistura é enfeitada com um ramo de hortelã e pode levar gotas de limão, ao gosto do freguês. O preço é R$ 24,00.

Taberna 474 - Preparada com o Porto extradry, a combinação (R$ 25,00) leva de enfeite um gomo de limão-siciliano e hortelã. Para acompanhar, não deixe de pedir os saborosos pratos ibéricos.

Tasca da Esquina - A junção de vinho do Porto branco, água tônica, limão e gelo custa R$ 26,50 no restaurante importado de Lisboa, do chef Vítor Sobral.

Fonte: VEJA SÃO PAULO