Internet

Lala Rudge: guarda-roupa poderoso

A blogueira de moda que fatura 80 mil reais por mês

Por: Ricky Hiraoka [colaborou Daniel Bergamasco] - Atualizado em

Lala Rudge
A blogueira Lala Rudge: endereço na web com os dias contados (Foto: Fernando Moraes)

Se a expressão “it girl”, definidora das garotas fashion que influenciam sua geração, estivesse em uma enciclopédia, o rosto de Lala Rudge provavelmente seria escolhido para ilustrar o verbete. O blog que a garota de 23 anos produz ao lado da irmã Maria, 26, virou febre com as imagens nas quais ambas publicam o “look do dia”, ou seja, as roupas (grifadíssimas) que estão vestindo. Com DNA empreendedor (o avô fundou a têxtil Trussardi e o tio é criador da Trusseau), ela transpõe a fama da internet para o mundo físico.

Lançou em outubro passado a marca de lingerie La Rouge Belle e prepara a inauguração da primeira loja, em agosto, no Shopping Iguatemi. “Trabalho duro”, afirma a blogueira, que deixou a faculdade de direito no sexto semestre. Na produção de sua página, Lala faz questão de atualizar tudo sem a ajuda de colaboradores. “Já tentei colocar uma estagiária para escrever, mas as leitoras não aceitaram.” Criado em 2009 como um passatempo, o endereço fez a autora levar um susto quando descobriu que cerca de 70 000 meninas a seguiam mensalmente. “Quase deletei porque não queria me expor demais”, lembra. Hoje, são 412 000 internautas por mês e mais de 3 milhões de visualizações. Para anunciar, é preciso desembolsar pelo menos 5 000 reais. “Faturo cerca de 80 000 reais por mês”, calcula. Apesar do êxito, ela não prevê vida muito longa para o empreendimento. “Planejo ser mãe daqui a três anos e não quero exibir meus filhos na internet.”

lalarudge.com.br

Mote: mostra as roupas que veste e dá dicas de moda

Audiência: 3 milhões de visualizações em abril

+ Os jovens que fazem barulho (e dinheiro) com blogs na rede

+ Emerson Viegas e Jaqueline Barbosa: sem pudor de correr atrás dos sonhos

+ Phelipe Cruz: divertido, só o conteúdo

+ Guilherme Valadares: longe do papo de borracharia

+ Lia Camargo: da Zona Leste para Nova York

+ Marcelo Cidral: piada até para falar sério

+ Mauricio Cid: Caçador de hits

+ Eduardo Camargo e Filipe Oliveira: os posts que viraram papel

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO