Comidinhas

Frutaria São Paulo

Conheça o cardápio da rede, que vai além dos sandubas e de sucos naturais

Por: - Atualizado em

Frutaria São Paulo - Jardins
Salada de Salmão (Foto: Divulgação)

Confira todos os endereços:

  • Sucos

    Frutaria São Paulo - Vila Nova Conceição

    Avenida Hélio Pellegrino, 100, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3842 9934

    VejaSP
    8 avaliações

    O cardápio da rede, com três unidades na capital, vai além dos sandubas e de sucões naturais como o de pitanga (R$ 8,70) e o de uva-roxa com água de coco (R$ 10,50). Para repor as energias, por exemplo, há uma boa variedade de pedidos com açaí. Na tigela de 300 mililitros, a versão com 80% da fruta e 70% menos açúcar custa R$ 20,90. A que é adoçada com extrato de guaraná e adoçante sai por R$ 20,90. Pagam-se mais R$ 3,80 para acrescentar banana fatiada e R$ 4,50 quem escolhe castanha-do-pará. Entre os lanches, o pão de fôrma integral recheado com frango orgânico desfiado, queijo cottage, espinafre, alface, tomate e cenoura (R$ 28,50) chega com salada de folhas com mostarda ou batata frita. Tem consistência meio molenga a torta integral de banana com aveia ladeada de sorvete (R$ 22,00). Se a consciência pesada pelas calorias definitivamente não for um problema, melhor é escolher os churros com doce de leite ou Nutella, que custam R$ 22,50. Apesar do bom número de garçons à disposição, o serviço pode ser um pouco desorganizado em momentos mais concorridos, como a hora do almoço.

    Preços checados em 31 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Sucos

    Frutaria São Paulo - Jardins

    Rua Oscar Freire, 187, Cerqueira César

    Tel: (11) 2364 3528 ou (11) 3081 6464

    VejaSP
    1 avaliação

    O cardápio da rede, com três unidades na capital, vai além dos sandubas e de sucões naturais como o de pitanga (R$ 8,70) e o de uva-roxa com água de coco (R$ 12,70). Para repor as energias, por exemplo, há uma boa variedade de pedidos com açaí. Na tigela de 300 mililitros, a versão com 80% da fruta e 70% menos açúcar custa R$ 18,90. A que é adoçada com extrato de guaraná e adoçante sai por R$ 20,90. Pagam-se mais R$ 3,80 para acrescentar banana fatiada e R$ 4,50 quem escolhe castanha-do-pará. Entre os lanches, o pão de fôrma integral recheado com frango orgânico desfiado, queijo cottage, espinafre, alface, tomate e cenoura (R$ 26,50) chega com salada de folhas com mostarda ou batata frita. Tem consistência meio molenga a torta integral de banana com aveia ladeada de sorvete (R$ 18,00). Se a consciência pesada pelas calorias definitivamente não for um problema, melhor é escolher os churros com doce de leite ou Nutella, que custam o mesmo preço. Apesar do bom número de garçons à disposição, o serviço pode ser um pouco desorganizado em momentos mais concorridos, como a hora do almoço.

    Preços checados em setembro/outubro de 2015.

    Saiba mais
  • Sucos

    Frutaria São Paulo - Itaim Bibi

    Rua Bandeira Paulista, 327, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3846 1124

    VejaSP
    Sem avaliação

    O cardápio da rede, com três unidades na capital, vai além dos sandubas e de sucões naturais como o de pitanga (R$ 8,70) e o de uva-roxa com água de coco (R$ 12,70). Para repor as energias, por exemplo, há uma boa variedade de pedidos com açaí. Na tigela de 300 mililitros, a versão com 80% da fruta e 70% menos açúcar custa R$ 18,90. A que é adoçada com extrato de guaraná e adoçante sai por R$ 20,90. Pagam-se mais R$ 3,80 para acrescentar banana fatiada e R$ 4,50 quem escolhe castanha-do-pará. Entre os lanches, o pão de fôrma integral recheado com frango orgânico desfiado, queijo cottage, espinafre, alface, tomate e cenoura (R$ 26,50) chega com salada de folhas com mostarda ou batata frita. Tem consistência meio molenga a torta integral de banana com aveia ladeada de sorvete (R$ 18,00). Se a consciência pesada pelas calorias definitivamente não for um problema, melhor é escolher os churros com doce de leite ou Nutella, que custam o mesmo preço. Apesar do bom número de garçons à disposição, o serviço pode ser um pouco desorganizado em momentos mais concorridos, como a hora do almoço.

    Preços checados em setembro/outubro de 2015.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO