Restaurantes

Endereços que oferecem rodízio de comida árabe

Entre as opções está o Monte Líbano, na região central

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

rodizio monte libano 2272
Monte Líbano: sequência de pratos de sabor caseiro (Foto: Fernando Moraes)

Confira abaixo cinco endereços onde se fartar de quibe, charutinho e esfiha. 

+ Opções de feijoada vegetariana para pegar leve

Almanara: Apenas a unidade mais charmosa da rede, no centro da cidade, oferece as especialidades em rodízio (R$ 74,50). Bem azedinha, a coalhada seca preparada lá mesmo é uma delícia para ser provada de entrada com pão torrado. Depois, parta para a saborosa abobrinha recheada.

Baruk: Boas opções da sequência são a salada tabule, a fatuche com romã e o quibe cru. Pela refeição, pagam-se R$ 43,90 no almoço de segunda a sexta e R$ 49,90 aos sábados e domingos. Exclusividade do Itaim Bibi, o jantar sai por R$ 49,90.

Brasserie Victória: Nesse endereço clássico, come-se um dos melhores quibes crus da cidade, preparado com patinho e servido com hortelã e cebola. A receita faz parte do rodízio (R$ 92,00) junto de charutinho de folha de uva, cafta e arroz com macarrão cabelo de anjo, entre outras opções.

Halim: Para provar homus, babaganuche e quibe a perder de vista, o público fiel vai de rodízio (R$ 68,00), servido no salão dos fundos da casa libanesa. Invista ainda na esfiha fechada de ricota bem cremosa e na clássica de carne aberta, que também compõem o banquete árabe.

Monte Líbano: O melhor dos rodízios árabes fica escondido na região da 25 de março. Pagam-se R$ 63,90 para saborear à vontade esfihas assadas na hora, como a de espinafre, e o arroz de lentilha. A versão apelidada de vip, por R$ 74,90, inclui dois pratos extras.

Fonte: VEJA SÃO PAULO