Comidinhas

Bistrô Ó-Chá abre filial na Vila Madalena com 44 versões da bebida

Charmosa versão brasileira da casa portuguesa é opção ideal para os dias frios

Por: Helena Galante

Comidinhas - Bistrô Ó-Chá
Infusão madame butterfly (Foto: Mario Rodrigues)

Escolha um dia bem frio para conhecer o Bistrô Ó-Chá, inaugurado em abril na Vila Madalena. O sobrado aconchegante e cuidadosamente decorado é a primeira filial brasileira de uma casa nascida em 2005 no bairro de Alvalade, em Lisboa. Por trás dos dois endereços está a empresária angolana Mônica Costa, criada entre Portugal e a China, na região de Macau, onde se encantou pela cerimônia do chá.

Comidinhas - Bistrô Ó-Chá
Bistrô Ó-Chá: sobrado aconchegante de decoração cuidadosa (Foto: Mario Rodrigues)

+ Le Repas tem alma de bistrô

Ainda um pouco menor que o da matriz lisboeta, o cardápio paulistano lista 44 opções da bebida importadas de países como Japão, Índia e a própria China. Os sabores mais caros incluem o branco puro (R$ 14,50) e o matchá (R$ 18,00), de pronunciado amargor. Preparado com chá-verde japonês, o chamado madame butterfly chega aromatizado por amêndoa, girassol, rosas e pêssego. Na hora, o bule custa R$ 7,00 e satisfaz duas pessoas. Para levar, uma porção de 50 gramas sai por R$ 14,00. As latas repletas de folhas vendidas a granel ficam expostas no piso térreo.

Bolos feitos lá mesmo podem acompanhar as xícaras. Têm lugar garantido na vitrine o de chocolate meio amargo fondant, de textura similar à de uma musse mais firme, e o de caramelo de açúcar mascavo acrescido de uma fruta (pera, banana ou maçã e uva-passa). Também agradou o de limão-siciliano, bem massudinho. Pagam-se R$ 10,00 por fatia. Na hora do almoço, faz combinados de uma sopa cremosa, um prato, a exemplo da sobrecoxa de frango ao curry finalizada por lascas de coco e guarnecida de arroz, mais uma sobremesa por R$ 38,00. Se a fome não for tanta, vá de torta acompanhada de salada verde temperada por azeite, vinagre balsâmico e mostarda de Dijon (R$ 15,00).

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO