publicidade

Perfil

Chef Greigor Caisley é o guru dos pubs

Australiano radicado em São Paulo torna-se o principal consultor dos bares cervejeiros da cidade

1.jun.2012 por Fabio Wright

Quando o assunto é cerveja, o sorriso maroto e os olhos tímidos do branquelão Greigor Caisley se abrem um pouco mais. Apaixonado pela bebida, o chef australiano radicado na cidade desde 2000 tomou um rumo diferente do da maioria dos cozinheiros estrangeiros que se aventuram por aqui — geralmente ligados aos restaurantes. Tornou-se um guru dos pubs da cidade. “Ele é uma espécie de Ana Soares dos bares cervejeiros”, compara o beer sommelier Eduardo Passarelli, numa referência à chef que é autora do cardápio de inúmeros endereços paulistanos. Greg, como é conhecido, já assessorou os pubs O’Malley’s, All Black, Kia Ora e The Queen’s Head. Entre as receitas que introduziu nesses lugares estão uma panqueca de batata chamada boxty e a costelinha de porco desossada e empanada servida ao molho barbecue.

Algumas cervejas do cardápio do seu bar-restaurante, o Twelve Bistro, em Pinheiros: paixão do chef
Algumas cervejas do cardápio do seu bar-restaurante, o Twelve Bistro, em Pinheiros: paixão do chef
(Foto: Fernando Moraes)

+ Cervejaria Nacional expande seu menu

+ All Black: música e paquera

Atualmente, Caisley trabalha no cardápio de duas novas casas especializadas na bebida — a Leão da Terra, na Zona Norte, e a The Ale House, nos Jardins. Nessa última, apostará em sugestões típicas belgas, a exemplo do clássico moules et frites (mexilhões e batata frita) e da carbonnade flamande, um cozido de carne bovina com cerveja, ameixa-preta e açúcar mascavo. Criar receitas com cerveja (ou com sua matéria-prima) virou uma das especialidades do australiano. Em parceria com a Cervejaria Nacional, em Pinheiros, ele prepara o pão de cevada. “Na massa, reaproveito o bagaço do malte, que é descartado no processo de fabricação”, explica, com seu sotaque bem carregado. A versão escura (dunkel) entra também no recheio da coxinha de rabada e até em sobremesas — caso do sorvete feito com a célebre Guinness, irlandesa tipo stout (preta).

Coxinha de rabada desfiada Petisco mais famoso do Twelve bistro, tem massa de batata e recheio do rabo de boi temperado com cerveja dunkel (escura). a porção com seis unidades custa 16 reais
Coxinha de rabada desfiada Petisco mais famoso do Twelve bistro, tem massa de batata e recheio do rabo de boi temperado com cerveja dunkel (escura). a porção com seis unidades custa 16 reais
(Foto: Fernando Moraes)

+ Site entrega cervejas importadas em casa

+ Guia das cervejas premium

Ao chegar a São Paulo, Greg fez parte da equipe do bufê Ginger, de Nina Horta, e do extinto bar Drake’s, em Pinheiros. Trazia a experiência de ter trabalhado em pubs antes de deixar a Austrália, aos 21 anos, e de ter integrado a brigada de cozinha dos restaurantes Le Gavroche e Oxo Tower, ambos em Londres. No ano passado, alçou voo próprio e abriu o Twelve Bistro, na Rua Simão Álvares, em Pinheiros. Um dos destaques da decoração do bar-restaurante é uma parede forrada de recortes de jornais e revistas. São xodós as capas do suplemento de gastronomia Good Living, do diário "Sydney Morning Herald. “Trata-se de edições antigas, que minha mãe guardava para mim”, conta. Comanda ali dez funcionários e, durante o expediente, garante, só bebe café com leite: “Pelo menos uns cinco copos por dia”. Como não poderia deixar de ser, o Twelve tem uma carta com cerca de cinquenta rótulos de loiras, ruivas e morenas, entre elas as belgas La Chouffe, Chimay e Maredsous 6.

O sorvete de Guinness é preparado com creme inglês e redução da célebre cerveja preta irlandesa. a taça tem três bolas, raspas de chocolate e calda da mesma cerveja.. Acompanha-o também o petit gâteau.
O sorvete de Guinness é preparado com creme inglês e redução da célebre cerveja preta irlandesa. a taça tem três bolas, raspas de chocolate e calda da mesma cerveja.. Acompanha-o também o petit gâteau.
(Foto: Fernando Moraes)

Mesmo depois de uma década morando no Brasil, Caisley não dá bola para futebol. Sua grande paixão permanece inalterada: jogar e ver partidas de críquete — um dos esportes mais populares da Austrália, originário da Inglaterra, e praticamente desconhecido por aqui. A devoção é tanta que ele integra a seleção brasileira da modalidade, junto com quatro estrangeiros e oito brasileiros. “Já disputamos campeonatos na Argentina, Peru, Bahamas, Suriname e Chile”, orgulha-se.

Pão de cevada na Cervejaria Nacional: novidade foi aprovada
Pão de cevada na Cervejaria Nacional: novidade foi aprovada
(Foto: Divulgação)

Os treinos, uma vez por mês, são realizados no centenário São Paulo Athletic Club (Spac), às margens da Represa de Guarapiranga. Nascido em Newcastle, a 160 quilômetros de Sydney, Caisley veio parar em São Paulo por causa de uma namorada brasileira e não pensa em voltar. “Tenho planos de montar um negócio no litoral de São Paulo e morar por lá”, diz. “Quem sabe até um pub.”

publicidade

esqueça um livro
X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail