Roteiro

Cafés e docerias que também servem almoço

Conheça doze casas de comidinhas que preparam refeições entre um cafezinho e uma fatia de bolo

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Santo Grão - Itaim Bibi - salada
Santo Grão: unidades do Itaim Bibi e dos Jardins têm clima de restaurante (Foto: Fernando Moraes)

Diversas docerias e cafés da cidade aproveitam a estrutura de suas cozinhas para preparar pequenas refeições. Esse é o caso da doceria Condimento, no Tatuapé, que também serve pratos salgados mais consistentes na hora do almoço.

Antes de se render à mesa de guloseimas, que exibe diariamente cheese­cake de Nutella (R$ 17,00), torta de mirtilo (R$ 11,00) e bolinho de chocolate com brigadeiro (R$ 8,00), é possível pedir o picadinho guarnecido de arroz, feijão, farofa e cebola (R$ 29,00), por exemplo.

Apesar da fachada camuflada entre as vitrines da Rua Oscar Freire, nos Jardins, o Oscar Café tem jeitão de restaurante. Quem preferir, pode trocar os lanches finos, como o sanduíche de queijo brie, presunto cru e rúcula no croissant (R$ 23,30), por pratos principais servidos à la carte.

Uma das sugestões, o linguado ao limone guarnecido de risoto de alho-poró custa R$ 46,70. Também propõe um menu em três etapas na hora do almoço (R$ 39,50, de segunda a sexta, e R$ 43,90, nos fins de semana).

Veja abaixo outros dez cafés e docerias que servem almoço:

62º: no fundo, ficam delícias como o bolo de amêndoa com calda de laranja e chocolate ao gengibre (R$ 11,00 a fatia). Na hora do almoço, o trio de sopa de cenoura, batata-doce e gengibre mais uma salada e o triângulo de ricota, requeijão e cogumelos sai por R$ 25,00.

Kukla Cookies: o cardápido à la carte é fixo e traz ainda pratos especiais às quintas e sextas, caso do bife à milanesa com salada de batata (R$ 42,00) e do bacalhau (R$ 44,00), respectivamente. Nos dias 29 de cada mês também serve nhoque da sorte. 

Lá da Venda: na matriz da Vila Madalena, além dos ótimos salgados e doces de jeitão caseiro, há um cardápio de almoço. A salada de folhas com parmesão ou com tiras de frango sai R$ 28,00. Dos pratos quentes, o filé-mignon grelhado recebe molho de cebola caramelada (R$ 45,00).

Abre Comidinhas 2227 - Condimento
Condimento: salão gracioso para almoçar ou tomar um café da tarde (Foto: Fernando Moraes)

Lady Fina: antes de partir para os doces, caso da massa de biscoito coberta por creme de leite condensado e merengue tostado (R$ 8,50), escolha uma entrada entre as seis opções fixas. Bruschetta, miniquiche e salada são algumas das opções (a partir de R$ 6,50). Todos os dias, há uma opção de massa (R$ 24,00) ou carne grelhada guarnecida de arroz, feijão e farofa (R$ 28,00), além da sugestão da chef.

Mignon Chárika: a vitrine recheada de doces típicos da Europa Central é a principal atração. Na hora do almoço, porém, o salão apertadinho ganha vocação de restaurante. Apenas às quartas e sábados aparecem receitas húngaras, caso do goulash de vitela (cubos de carne em molho de páprica; R$ 27,50 a porção menor).

Mussy & Mussy: começou com uma produção de doces e passou a oferecer também almoço por quilo (R$ 41,90) acima da média. Após percorrer o bufê dos salgados, os comensais partem para a vitrine, onde ficam guardados o bolo de chocolate com musse (R$ 58,00 o quilo) e as deliciosas cocadas (R$ 3,00 a unidade) preparadas no tacho.

Octavio Café: passou por uma reforma e inclui novidades no cardápio, caso do sanduíche de presunto cru, queijo branco, espinafre, nozes e morango no pão preto (R$ 29,80). Mais consistente, o galetinho assado com legumes grelhados e purê de batata custa R$ 45,30.

Lá da Venda
Lá da Venda: pão de queijo da Serra da Canastra (MG) (Foto: Mario Rodrigues)

Santo Grão: as unidades de rua desta elegante rede de cafeterias, nos Jardins e no Itaim Bibi, ganham clima de restaurante. Vai bem a suave quiche de alho-poró guarnecida de salada (R$ 33,50 na unidade do Itaim Bibi; R$ 36,50 na unidade dos Jardins) e o petit gâteau de doce de leite (R$ 19,50 apenas na unidade do Itaim Bibi).

Sofá Café: serve como refúgio para quem trabalha em Pinheiros. Além do expresso (R$ 3,50) com blend criado por Isabela Raposeiras, do Coffee Lab, há também opções para quem quer almoçar, como a salada de mix de folhas e brotos, granola salgada, tomate cereja, mussarela de búfala, rosbife e queijo brie (R$ 22,00) e o sanduíche de abobrinha no pão folha (R$ 22,00). Chips de banana-da-terra, inhame ou mandioca acompanham.

Tineta: para um almoço rápido, prepara pratos do dia, como o nhoque ao pomodoro com porpetinhas ou o peixe gralhado ao molho de maracujá com arroz e espinafre (R$ 26,00) e a salada de folhas com cogumelo paris, abobrinha, berinjela grelhada, tomate e queijo parmesão (R$ 20,00). 

Fonte: VEJA SÃO PAULO