São Paulo: o que há de melhor para fazer na cidade

Uma seleção de mais de cinquenta endereços, entre restaurantes, bares, baladas, teatro, museus, passeios e cenários para fazer selfies

São 12 500 restaurantes, 15 000 bares, 120 teatros, 300 salas de cinema e trinta museus, além de baladas, casas de shows, lanchonetes, cafés, docerias, parques… Ou seja, a maior metrópole do país ferve e há muito que fazer por aqui. Na abertura da Copa, no dia 12 de junho, o mundo vai parar para assistir à partida do Brasil contra a Croácia na Arena Corinthians, o Itaquerão. O estádio fica em Itaquera, na Zona Leste, a mais de 20 quilômetros do centro. Mas os 68 000 torcedores que verão cada um dos jogos têm acesso fácil: basta pegar o metrô e desembarcar na estação que fica ali pertinho. Como são poucas as opções de lazer nas proximidades, o ideal é explorar outras regiões. Nas páginas a seguir, você encontrará uma seleção de mais de cinquenta endereços com o essencial da cidade. Estão listadas sugestões para fanáticos por futebol, é claro, e também para amantes da gastronomia, das artes, para quem curte bater perna durante o dia ou sair para badalar à noite. Aproveite.

+ Read this article in English

Como Circular: trens, ônibus e metrô em São Paulo têm a mesma tarifa, R$ 3,00. A melhor maneira de transitar pela cidade é de metrô. Quem for assistir aos jogos na Arena Corinthians deverá pegar o da Linha Vermelha e desembarcar na estação Corinthians-Itaquera, que fica pertinho do estádio. As estações Luz, Sé e República fazem a integração de trens e outras linhas de metrô com a Linha Vermelha. Para os que preferem andar de táxi, a bandeirada inicial custa R$ 4,10 e o quilômetro rodado, R$ 2,50 (bandeira 1) e R$ 3,25 (bandeira 2).

+ Guia completo das doze cidades-sede da Copa

3 BONS CENÁRIOS PARA SELFIES

> Edifício Copan. O sinuoso prédio da década de 50 projetado por Oscar Niemeyer é um dos principais cartões-postais de São Paulo. Para enquadrar bem o lugar, fique do outro lado da calçada. Dica: vá de metrô. Avenida Ipiranga, 200, centro, 1 República.

> Avenida Paulista. Tudo acontece aqui. A Paulista abriga o Masp, cinemas, livrarias e recebe shows, ciclistas, artistas de rua, passeatas… Tem gente o tempo todo. Para uma boa foto, fique na calçada central da via ou na esquina da Rua da Consolação.

> Monumento às Bandeiras. A escultura de granito de Victor Brecheret tem 50 metros de comprimento e 16 metros de altura e fica em frente ao Parque do Ibirapuera. Conhecida como “Deixa que eu empurro”, retrata portugueses, negros, mamelucos e índios tentando mover uma canoa usada nas antigas expedições.

 

 

1/4
Uma seleção de catorze restaurantes para se esbaldar à mesa na capital brasileira da gastronomia ( / São Paulo: onde comer bem na cidade)
4/4
Dicas valiosas para os turistas que têm pouco tempo para aproveitar a cidade ( / São Paulo: o roteiro de um dia perfeito)
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s