Após acúmulo de lixo hospitalar, Santa Casa retoma coleta

Na semana passada, VEJA SÃO PAULO divulgou que o hospital havia deixado de pagar a empresa responsável pelo recolhimento, e o serviço foi suspenso

Após 60 toneladas de lixo hospitalar se acumularem pelos corredores do 1º andar da Santa Casa, na Santa Cecília, devido à suspensão da coleta por quase um mês, a instituição informou na noite de terça-feira (14) que o problema foi resolvido.

A entidade encaminhou fotos a VEJA SÃO PAULO apontando que os ambientes estavam limpos e que todos os resíduos já haviam sido recolhidos. “Gostaríamos de demonstrar nosso comprometimento em tentar resolver o problema”, disse a instituição por meio de nota.

Área do primeiro andar limpa após 60 toneladas de lixo hospitalar se acumularem (Foto: Divulgação/Santa Casa)

Área do primeiro andar:  limpeza após 60 toneladas de lixo hospitalar se acumularem (Foto: Divulgação/Santa Casa)

Na última sexta-feira (10), a reportagem divulgou que a Santa Casa havia deixado de pagar a empresa Mir Ambiental, responsável pela coleta do material, e o serviço foi suspenso.

Lixo hospitalar acumulado na instituição (Foto: Veja São Paulo)

Lixo hospitalar: quase um mês sem coleta (Foto: Veja São Paulo)

Imagens obtidas com exclusividade mostravam o ambiente tomado de sacos plásticos contendo seringas, curativos, agulhas, material cirúrgico e sobras de medicamento. São resíduos perigosos, que podem provocar contaminação e transmitir doenças.

A empresa de coleta ficou sem receber 30 000 reais relativos a um contrato mensal que também envolvia o Hospital São Luís Gonzaga, no Jaçanã, que é administrado pela Santa Casa. A falta de pagamento já havia acontecido em 2016, por um período de oito meses, e o caso só foi resolvido em dezembro.

whatsapp-image-2017-02-10-at-20-24-12

Segundo a nota da Santa Casa, houve um “impasse temporário” nos trâmites com a empresa prestadora dos serviços, e que, por isso, a coleta foi interrompida. “As negociações para chegar a uma solução comum foram concluídas em 9 de fevereiro”, diz o texto. A instituição afirma ainda que não houve impacto na operação do hospital.

Após suspensão de coleta e acúmulo de 60 toneladas de lixo hospitalar, problema foi resolvido na Santa Casa (Foto: Divulgação/Santa Casa)

Após suspensão de coleta e acúmulo de 60 toneladas de lixo hospitalar, problema foi resolvido na Santa Casa (Foto: Divulgação/Santa Casa)

CRISE FINANCEIRA

Maior hospital filantrópico do país, a Santa Casa atende cerca de 730 000 pacientes por ano só no prédio da Santa Cecília. Entre 2009 e 2013, o patrimônio líquido da entidade caiu de 220 milhões de reais para meros 323 000 reais. A dívida acumulada chegou a aproximadamente 520 milhões de reais.

A gravidade da situação ficou clara em julho de 2014, quando o pronto-socorro do Hospital Central, que só presta serviços pelo SUS, fechou as portas por 28 horas. O então provedor, o advogado Kalil Rocha Abdalla, disse à época que fornecedores teriam se recusado a entregar insumos devido a pagamentos não quitados. A reabertura aconteceu apenas depois que o governo estadual se comprometeu a fazer um repasse emergencial de 3 milhões de reais. 

Em 2016, a instituição começou a sair da crítica saúde financeira em que se encontrava. Com a nova gestão do médico José Luiz Setúbal, que teve início em 2015, foi necessário demitir 1 500 funcionários, dos quais 184 eram médicos, que representavam 12% da folha de pagamento. O corte teve como objetivo economizar 10 milhões de reais por mês. Os contratos com fornecedores foram revistos e houve mudanças em toda a hierarquia, o que acabou com descalabros como a descentralização de gastos.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s