Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Lote de 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen chega ao Brasil

Avião com o lote de imunizantes pousou no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos; validade vai até agosto

Por Redação VEJA São Paulo 22 jun 2021, 12h23

O lote com 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen chegou ao Brasil. Adquiridas pelo Ministério de Saúde, o avião com a carga pousou nesta terça-feira (22) no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. 

Segundo a pasta, a validade para os imunizantes perdura até dia 8 de agosto. A vacina deve ser armazenada no período em temperaturas entre 2°C e 8°C, o que é semelhante à uma geladeira normal. 

A vacina da Janssen produz a resposta imunológica com dose única, diferentemente das outras vacinas aplicadas em território nacional que precisam de duas aplicações. Isso permite que a imunização seja mais acelerada. 

A expectativa inicial era que fossem recebidas 3 milhões de doses na última semana. No entanto, a entrega foi adiada por “questões regulatórias” dos Estados Unidos, de acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

Produzida pela farmacêutica Johnson & Johnson, o contrato dela com o governo federal prevê a entrega de 38 milhões de doses, com a previsão de 16,9 milhões entregues até setembro e mais 21,1 milhões até o final do ano. O preço por dose é de 10 dólares e o pagamento inicial é de 95 milhões de dólares na primeira parcela.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade