Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Pinati

(Desde 2011)

Tipos de Comidinhas: Sanduíches

VejaSP:

Endereço: Alameda Barros, 782 - Santa Cecília - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 36685424

Site: instagram.com/pinatisp

Horário:

segunda-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

terça-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

quarta-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

quinta-feira 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

sexta-feira 12:00 - 15:00

sábado - Fechado

domingo 12:00 - 16:00 - 18:00 - 22:00

Informações adicionais: Entrega em domicílio, Lugares/Capacidade total (25)

Resenha por Gabriela Del' Moro e Saulo Yassuda

Quem sempre visitou com frequência a lanchonete que completou dez anos em 2021 certamente sente falta de um dos fundadores, o empresário Ben Zion Berlovich (1953-2021), que dava expediente ali diariamente até o início da pandemia. Infelizmente, o anfitrião morreu em fevereiro. Desde então, o endereço de ambiente simplão é tocado por um dos filhos dele, Alon Berlovich, também sócio da lanchonete Nosh. O cardápio de comida kosher, feita de acordo com os preceitos judaicos, foi ligeiramente atualizado e alguns dos sandubas agora podem ser preparados em diferentes tipos de pão. É o caso do bom schnitzel tzibale (R$ 48,00), na baguete, no pita (conhecido também como sírio) ou no lafa (bem fininho), estes dois últimos de produção própria. No recheio, leva filé de frango empanado bem sequinho, salame bovino, cebolas crocante e caramelada, picles de pepino e maionese da casa. Espécie de “x-tudo”, o mish mash (R$ 60,00) é uma mistureba que funciona. O pão folha envolve frango, schnitzel de frango, salame bovino, ovo frito e batata palha da casa com homus ou maionese verde para lambuzar. Dá menos certo o sabich (R$ 32,00), em que as finas fatias de berinjela grelhada praticamente somem em meio a homus, molhos de tahine e de manga com curry, picles de pepino e salada de tomate.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.

    Quem sempre visitou com frequência a lanchonete que completou dez anos em 2021 certamente sente falta de um dos fundadores, o empresário Ben Zion Berlovich (1953-2021), que dava expediente ali diariamente até o início da pandemia. Infelizmente, o anfitrião morreu em fevereiro. Desde então, o endereço de ambiente simplão é tocado por um dos filhos dele, Alon Berlovich, também sócio da lanchonete Nosh. O cardápio de comida kosher, feita de acordo com os preceitos judaicos, foi ligeiramente atualizado e alguns dos sandubas agora podem ser preparados em diferentes tipos de pão. É o caso do bom schnitzel tzibale (R$ 48,00), na baguete, no pita (conhecido também como sírio) ou no lafa (bem fininho), estes dois últimos de produção própria. No recheio, leva filé de frango empanado bem sequinho, salame bovino, cebolas crocante e caramelada, picles de pepino e maionese da casa. Espécie de “x-tudo”, o mish mash (R$ 60,00) é uma mistureba que funciona. O pão folha envolve frango, schnitzel de frango, salame bovino, ovo frito e batata palha da casa com homus ou maionese verde para lambuzar. Dá menos certo o sabich (R$ 32,00), em que as finas fatias de berinjela grelhada praticamente somem em meio a homus, molhos de tahine e de manga com curry, picles de pepino e salada de tomate.

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.