Clique e assine por apenas 5,90/mês

Panorama

(Desde 2013)

Tipos de Bares: Bar-balada

VejaSP:

Endereço: Avenida Nove de Julho, 5871 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 31673074 / (11) 30714275

Site: http://www.panorama-sp.com/

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 19:00 - Último cliente

quarta-feira 19:00 - Último cliente

quinta-feira 19:00 - Último cliente

sexta-feira 19:00 - Último cliente

sábado 19:00 - Último cliente

domingo - Fechado

Informações adicionais: Entrada (R$ 150.00) (1), Estacionamento/Valet (R$ 30.00) (2), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (400)(1)R$ 80,00 e R$ 150,00, (2)R$ 20,00 (terça a quinta); R$ 30,00 (sexta e sábado)

Resenha por Saulo Yassuda

Meio disfarçado pela vegetação, o burburinho deste bar-balada se forma em plena Avenida 9 de Julho. A partir da happy hour, as mesas da varanda começam a receber homens e mulheres, em sua maioria com os 30 anos já completos. Eles, com as camisas ajustadas ao corpo. Elas, no alto de saltos, trajando vestidos curtos e de cabeleira esticada. Alguns passos depois da varanda, fica a pista. Escura, de teto baixo e cheia de luzes coloridas e piscantes, tem um clima de inferninho. A programação é baseada na música eletrônica, o mesmo gênero que consagrou o proprietário Angelo Leuzzi em sucessos paulistanos como a boate Lov.e. Por ali rolam conversas ao pé do ouvido e troca de olhares. Novos casais vão se formando e elegendo a parede como apoio. No andar de cima, o balcão do bar costuma ficar apinhado de gente à espera de seus corretos gim-tônica (R$ 33,00) e apple martini (R$ 34,00) enquanto calcula uma forma de aproximação. Ao lado, um lounge se mostra um pouco mais comportado (e menos escuro). No último piso, o pequeno restaurante recebe os festeiros mais calmos, que encontram pratos como o salmão em crosta de gergelim mais risoto de limão-siciliano e parmesão (R$ 54,00) até as 5 da manhã às sextas e aos sábados.

 

Preços checados em setembro/outubro de 2014.

    Meio disfarçado pela vegetação, o burburinho deste bar-balada se forma em plena Avenida 9 de Julho. A partir da happy hour, as mesas da varanda começam a receber homens e mulheres, em sua maioria com os 30 anos já completos. Eles, com as camisas ajustadas ao corpo. Elas, no alto de saltos, trajando vestidos curtos e de cabeleira esticada. Alguns passos depois da varanda, fica a pista. Escura, de teto baixo e cheia de luzes coloridas e piscantes, tem um clima de inferninho. A programação é baseada na música eletrônica, o mesmo gênero que consagrou o proprietário Angelo Leuzzi em sucessos paulistanos como a boate Lov.e. Por ali rolam conversas ao pé do ouvido e troca de olhares. Novos casais vão se formando e elegendo a parede como apoio. No andar de cima, o balcão do bar costuma ficar apinhado de gente à espera de seus corretos gim-tônica (R$ 33,00) e apple martini (R$ 34,00) enquanto calcula uma forma de aproximação. Ao lado, um lounge se mostra um pouco mais comportado (e menos escuro). No último piso, o pequeno restaurante recebe os festeiros mais calmos, que encontram pratos como o salmão em crosta de gergelim mais risoto de limão-siciliano e parmesão (R$ 54,00) até as 5 da manhã às sextas e aos sábados.

     

    Preços checados em setembro/outubro de 2014.