Le Jazz Brasserie – Shopping Pátio Higienópolis (Desde 2019)

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Doutor Veiga Filho, 133 - Higienópolis - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 38232684
Horário:
segunda-feira
10:00 - 23:00
terça-feira
10:00 - 23:00
quarta-feira
10:00 - 23:00
quinta-feira
10:00 - 23:00
sexta-feira
10:00 - 23:00
sábado
10:00 - 23:00
domingo
10:00 - 22:00

Resenha por Arnaldo Lorençato

Um sucesso entre os restaurantes franceses da capital, o Le Jazz Brasserie pouco a pouco vai ganhando pinta de rede. Nascido na concorridíssima matriz de Pinheiros, aberta quase uma década atrás, o bistrozinho inaugura sua quarta unidade na terça (18), desta vez em espaço que já pertenceu ao Santo Grão, da Livraria da Vila no Shopping Pátio Higienópolis. “Nosso investimento no novo ponto é de 2 milhões de reais”, calcula o sócio Gil Leite. Como nos outros endereços, poderão ser saboreados clássicos preparados sob a supervisão do chef Chico Ferreira. Um deles é o filé ao molho de mostarda com fritas e espinafre (R$ 68,50).

Informações checadas em junho de 2019. 

    DERRAPADA FRANCESA

    Sempre que recebo uma sugestão sobre novos pratos em um restaurante, é um prazer sair para experimen tá- los — lembrando que de maneira anônima e com as contas pagas pela revista. O chef Chico Ferreira, da rede Le Jazz Brasserie, acaba de acrescentar quatro receitas ao menu, que provei na unidade inaugurada em junho de 2019 em Higienópolis. Cheguei pouco depois das 22h, quando o movimento está mais tranquilo. O jantar, entretanto, não foi agradável como em outras vezes. O começo, muito bom, foi com o delicioso alho-poró cozido no vapor ao vinagrete de mostarda de Dijon com ovo ralado (R$ 20,00). Em seguida, pedi o côte de bouef (R$ 156,00), um bistecão de contrafilé para dois que veio nadando em mioglobina, o líquido que sai da carne. O corte angus de qualidade merecia melhor apresentação, uma vez que até as bordas do prato estavam sujas. Pedi uma taça de vinho — pulem o tinto da casa, que é um português envazado em caixa longa-vida —, que chegou quando eu estava ter minando e depois de muita insistência minha. Pior foi ficar na mesa por vinte minutos com o que sobrou da carne até que alguém retirasse o prato e fizesse o pedido da sobremesa. Passaram-se mais quinze minutos esperando o doce, uma torta de maçã fria com sorvete (R$ 23,00). Foi minha noite de cliente invisível. 

    Informações checadas em dezembro de 2019

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s