Clique e assine por apenas 5,90/mês

High Line

(Desde 2016)

Tipos de Bares: Bar-balada

VejaSP:

Endereço: Rua Girassol, 144 - Vila Madalena - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30322934

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 18:00 - Último cliente

quarta-feira 18:00 - Último cliente

quinta-feira 18:00 - Último cliente

sexta-feira 18:00 - Último cliente

sábado 15:00 - Último cliente

domingo - Fechado

Informações adicionais: Entrada (R$ 50,00) (1), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (400)(1)grátis de terça a quinta e de R$ 25,00 a R$ 50,00 de sexta a domingo

Resenha por Saulo Yassuda e Gabrielli Menezes

Quem passa pela rua logo depara com um grafite gigante de 6 metros de altura. O painel faz referência ao álbum Abbey Road, dos Bea-tles, e foi feito por Eduardo Kobra, que também assina uma obra no High Line, parque suspenso americano que serviu de inspiração para o endereço paulistano. O espaço mais concorrido da casa é o rooftop, cenário para as fotos dos drinques destacados no cardápio como “instagramáveis”. Pensado para alimentar as redes sociais, o sou eu na vida (R$ 40,90), de vodca, limão e Angostura, vai dentro de uma miniboia inflável de unicórnio que pode ser levada para casa. Às sextas e aos sábados, a pista de dança funciona até de madrugada com batidas eletrônicas.

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    DRINQUES PARA POSTAR

    O High Line, na Vila Madalena, está com novidades na seção de drinques apelidada de “instagramáveis”. Como o nome sugere, são bebidas que não economizam nos frufrus que fazem vista nas redes sociais e tornam os coquetéis quase uma instalação de arte. No instacinéfilos (R$ 38,90), o copo com vodca, xarope de abacaxi, limão e energético de cranberry fica escondido dentro do balde repleto de pipoca doce nem sempre crocante. Tem sabor mais alcoólico o tricotei (R$ 38,90), de gim, limão, xarope de açúcar e aperol. O último item vai separado num potinho que imita uma poção mágica.

    (Por Gabrielli Menezes)

    Informações checadas em outubro de 2018.

    Quem passa pela rua logo depara com um grafite gigante de 6 metros de altura. O painel faz referência ao álbum Abbey Road, dos Bea-tles, e foi feito por Eduardo Kobra, que também assina uma obra no High Line, parque suspenso americano que serviu de inspiração para o endereço paulistano. O espaço mais concorrido da casa é o rooftop, cenário para as fotos dos drinques destacados no cardápio como “instagramáveis”. Pensado para alimentar as redes sociais, o sou eu na vida (R$ 40,90), de vodca, limão e Angostura, vai dentro de uma miniboia inflável de unicórnio que pode ser levada para casa. Às sextas e aos sábados, a pista de dança funciona até de madrugada com batidas eletrônicas.

    Informações checadas entre julho e setembro de 2018.