Friccò (Desde 1997)

Tipos de Restaurantes: Cantina / Trattoria, Italianos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Cubatão, 831 - Paraíso - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 50840480(11) 50840415
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 15:00
quarta-feira
12:00 - 15:00
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sábado
12:00 - 16:30 - 19:00 - 23:00
domingo
12:00 - 16:30
monetization_on

Faixa de preço

De R$101,00 a R$150,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de débito: Visa Electron e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Couvert artístico (R$ 10,00) (1), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (70), Comida (couvert) (Gratuito) (2), Levar vinhos (permite) (R$ 50,00)

(1)sábado a partir das 20h, (2)só no almoço de terça a sexta

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

É necessário passar por um pequeno empório para alcançar o restaurante do italiano Sauro Scarabotta. O endereço fez vinte anos e se tornou, com o tempo, um lugar certeiro para provar charcutaria. Pedidas preparadas no local, como lombo defumado, bresaola e porchetta, podem aparecer em porção mista (R$ 44,00) para petiscar na companhia dos pães, também de produção própria. Na lista de pratos, sempre mutante, os resultados hoje oscilam menos que nos últimos anos. Pode aparecer o saboroso linguine ao sugo com um toque de pesto e queijo meia-cura (R$ 52,00). Preparo fixo, o frango recheado de tomate seco e mussarela vem com risoto de castanha-de-caju (R$ 48,00).

Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Participante

      Cantinas/Trattorias Comer & Beber .

      É necessário passar por um pequeno empório para alcançar o restaurante do italiano Sauro Scarabotta. O endereço fez vinte anos e se tornou, com o tempo, um lugar certeiro para provar charcutaria. Pedidas preparadas no local, como lombo defumado, bresaola e porchetta, podem aparecer em porção mista (R$ 44,00) para petiscar na companhia dos pães, também de produção própria. Na lista de pratos, sempre mutante, os resultados hoje oscilam menos que nos últimos anos. Pode aparecer o saboroso linguine ao sugo com um toque de pesto e queijo meia-cura (R$ 52,00). Preparo fixo, o frango recheado de tomate seco e mussarela vem com risoto de castanha-de-caju (R$ 48,00). (Preços checados em setembro de 2017).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber .

      Raridade na cidade, a casa não aceita cartões de crédito, apenas de débito. Antes da conta, porém, um aviso sobre a apresentação dos pratos. Equilíbrio visual não é o forte da trattoria do bom chef italiano Sauro Scarabotta. Entre as pedidas fixas do cardápio há, por exemplo, uma berinjela à parmigiana acompanhada de penne ao molho de agrião (R$ 46,50) servida num prato tão gigantesco que chega a fcar desconfortável dividir uma mesa em duas pessoas. De entrada, até há uma opção vegetariana, a porção de bruschettas frias de tomate e manjericão (R$ 18,00). Mas boa mesmo é a porção de frios feitos na casa, como salame e bresaola (R$ 22,00 a porção pequena). Termine com o bolo de chocolate com sorvete (R$ 14,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 -

      Menu executivo - até 50 reais .

    • 2014 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber .

      Foi a charcutaria que fez com que a trattoria de Sauro Scarabotta fcasse especialmente conhecida. Lá mesmo, ele faz frios “free range”, ou seja, com a carne de porcos caipiras, criados soltos, não em confinamento. Além de salame e mortadela, há pancetta, presunto cru e guanciale (primo do bacon, feito da bochecha suína), entre outras opções. Uma porção mista custa de R$ 20,00 a R$ 75,00. Grande parte do cardápio muda toda semana, mas há pedidas fixas, como a bisteca à forentina de 650 gramas (R$ 62,00) e o espaguete à carbonara (R$ 48,00). Baratinho, o menu executivo de R$ 36,00, servido durante a semana no almoço, dá direito a uma sopa ou salada seguida de massa ou carne mais uma bola de sorvete, por exemplo. Para pagar, fique esperto: não aceita cartões de crédito, só de débito. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Neste ano, a trattoria de Sauro Scarabotta ganhou uma vitrine para a lojinha da entrada onde ficam caprichadas focaccias produzidas ali mesmo, frios artesanais (salame, mortadela, presunto cru) e uma porchetta, que podem ser consumidos no próprio restaurante. Em três tamanhos, a porção mista custa R$ 18,00, R$ 35,00 e R$ 70,00. Ainda entre as entradas, há uma saborosa rã à provençal (R$ 18,50), que ficaria melhor com um pouco mais de alho. Embora não esteja no cardápio, a seleção de massas inclui o bom nhoque de batata ao molho suave de gorgonzola com lâminas de pera cozida ao vinho tinto (R$ 48,00). Bem cremoso, o tiramisu (R$ 14,00) é um dos fechos para a refeição. Atenção: os pagamentos não podem ser feitos com cartões de crédito; só são aceitos os de débito. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      O proprietário Sauro Scarabotta faz um trabalho de qualidade. Responsável pelo cardápio, ele evita a mesmice promovendo uma renovação semanal das receitas. Uma das raras opções fixas é o ravióli de abóbora ao contrário. Entre duas finas fatias do vegetal aparecem a massa paternostini rigati no formato de pequenos anéis, cubinhos de cenoura e brócolis, molho de tomate e linguiça. Outra sugestão atraente é o risoto de pera fresca salpicado de nozes e adornado com embutido cotechino artesanal mais fatias da mesma fruta cozida ao vinho tinto. No encerramento, peça o nero amaro, um bolo de chocolate cortado em lâminas finas para adornar o sorvete de avelã. Além de pães como a miniciabatta crocante, Scarabotta está fazendo os próprios frios, entre eles o presunto de pernil de porco caipira. Dedicada particularmente às garrafas italianas, a carta de vinhos inclui o Pervini Primitivo 2010.  Atenção: é um dos poucos estabelecimentos da cidade que não aceitam cartões de crédito.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    1. Jefferson Oliveira

      Trabalho perto do restaurante. Eu e meus amigos de trabalha decidimos ir ate la, por fora a entrada é bem convidativa, garçons são bem simpáticos, fazem um ótimo trabalho. A comida é razoável, nada de encher os olhos.

      O grande problema foi na hora de pagar a conta, a atendente do caixa foi uma pessoa extremamente grossa, ficou brava pois tinha que dividir a conta pelo pratos que cada um pediu, “oras mais esse não é seu trabalho? você não esta sendo paga para isso?”

      Tentei pagar minha conta com VR, não aceitavam, pensei “OK sem problemas, estão andando na contra mão dos concorrentes, mais tudo bem”. Então saquei meu cartão de credito e ouvi da moça cobramos taxa de 5% no credito.
      Acredito que o tenha conhecimento que essa cobrança é abusiva e ilegal.

      O que me deixou mais surpreso foi a arrogância da atendente, pelo nível do restaurante é um absurdo manter uma profissional desse nível, age como se estivesse fazendo um favor aos clientes.

      Nunca mais irei a esse restaurante e não indico para ninguém. gosto de lugares onde sou bem tratado.