Clique e assine por apenas 6,90/mês

Carioca Club

(Desde 1995)

Tipos de Baladas: Samba

VejaSP:

Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 38138598 / (11) 38134524 / (11) 38145711

Site: http://www.cariocaclub.com.br

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 22:00 - Último cliente

quarta-feira - Fechado

quinta-feira 22:00 - Último cliente

sexta-feira 23:00 - Último cliente

sábado 22:00 - Último cliente

domingo - Fechado

Informações adicionais: Entrada (R$ 30.00) (1), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (530)(1)De R$ 15,00 a R$ 30,00

Resenha por Carolina Giovanelli

Possui estrutura de casa de shows, com agenda lotada, palco paramentado e salão espaçoso. Um baile de forró levado por uma banda ao vivo é a opção das segundas. Precedidas de aulas das coreografias básicas (só a primeira é gratuita), às 20h45, as festas das quintas têm como estrela há seis anos o zouk, uma espécie de lambada caribenha. Na sexta, o samba entra em cena, assim como no sábado, quando divide espaço com o sertanejo universitário.

    Aulas de zouk

    As aulas são dadas no salão do Carioca Club nas noites de quinta. O professor Philip Miha, que há 21 anos tem experiência na arte de dançar zouk, é quem ensina os passos. “O zouk vem da lambada, mas é uma forma de dança que requer um movimento mais contínuo, suave, delicado, sensual”, explica. Após as aulas, tem balada.

    Quando: às quintas, das 20h45 às 22h (turma iniciante) e das 22h às 23h15 (turma avançado).

    Quanto: R$ 90,00 (a primeira aula é gratuita). Não requer taxa de matrícula e a pessoa pode ingressar no curso a qualquer momento, independente do nível na dança.

    Possui estrutura de casa de shows, com agenda lotada, palco paramentado e salão espaçoso. Um baile de forró levado por uma banda ao vivo é a opção das segundas. Precedidas de aulas das coreografias básicas (só a primeira é gratuita), às 20h45, as festas das quintas têm como estrela há seis anos o zouk, uma espécie de lambada caribenha. Na sexta, o samba entra em cena, assim como no sábado, quando divide espaço com o sertanejo universitário.