Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ça-Va

(Desde 1996)

Tipos de Restaurantes: Franceses

VejaSP:

Endereço: Rua Carlos Comenale, 277 - Bela Vista - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 25740968

Site: http://www.cavacafe.com.br

Horário:

segunda-feira 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

terça-feira 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

quarta-feira 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

quinta-feira 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

sexta-feira 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

sábado 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

domingo 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

Faixa de preço: De R$141,00 a R$210,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (40), Levar vinhos (permite) (R$ 70,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Se no Président, aberto há pouco mais de um ano, o jurado do MasterChef Érick Jacquin oferece alta culinária francesa, no Ça-Va o chef fundamenta-se na simplicidade da cozinha clássica à qual ele dá o nome de familiar. Curiosamente, o chef e seus sócios não são os fundadores do bistrô localizado numa ruazinha atrás do Masp. Aberto em 1996, ganhou a vibração das cores azul, vermelho e verde nas paredes, mas, felizmente, manteve-se inalterada a pintura de uma cena de Paris do passado. Ao longo de quase 25 anos, a casa atravessou diferentes fases, com altos e baixos. Certamente, nas mãos de Jacquin está em seu melhor momento. O chef propõe abre-alas como a terrine de campagne (R$ 39,00), apresentada num vidro de conserva. Feita com uma combinação de cortes suínos, fígado de galinha, pistache, conhaque e vinho do Porto, vem com uma deliciosa geleia natural por cima e servida com pepininhos em conserva e pão de campanha escuro de produção própria. Eleito pelo mestre-cuca como a atração do cardápio, o salmão defumado, sugerido também de entrada, vem na companhia de blinis quase etéreas mais creme azedo e salada de abobrinha marinada (R$ 58,00). Merece o destaque que tem no menu. A pequena seleção de pratos principais inclui o feijão-branco cozido com tomate e cordeiro em cubos (R$ 75,00). Ricamente temperado, vem em porção generosa e atende aos apetites gigantes. A devoção às receitas tradicionais se mantém nas opções de filés. Provei a versão ao molho de pimenta (R$ 69,00), que está entre as melhores da cidade. De guarnição, recebe salada e deliciosos palitos de batata frita, amarelos claros, crocantes por fora e sedosos por dentro. Para os fãs, o petit gâteau com sorvete de baunilha (R$ 26,00, mesmo preço de todas as outras sobremesas) é feito com a rotineira competência. Da maneira como foi montado, o Ça-Va Érick Jacquin tem tudo para virar uma rede nos moldes do Le Jazz Brasserie.

Informações checadas no mês de dezembro de 2020.

    Se no Président, aberto há pouco mais de um ano, o jurado do MasterChef Érick Jacquin oferece alta culinária francesa, no Ça-Va o chef fundamenta-se na simplicidade da cozinha clássica à qual ele dá o nome de familiar. Curiosamente, o chef e seus sócios não são os fundadores do bistrô localizado numa ruazinha atrás do Masp. Aberto em 1996, ganhou a vibração das cores azul, vermelho e verde nas paredes, mas, felizmente, manteve-se inalterada a pintura de uma cena de Paris do passado. Ao longo de quase 25 anos, a casa atravessou diferentes fases, com altos e baixos. Certamente, nas mãos de Jacquin está em seu melhor momento. O chef propõe abre-alas como a terrine de campagne (R$ 39,00), apresentada num vidro de conserva. Feita com uma combinação de cortes suínos, fígado de galinha, pistache, conhaque e vinho do Porto, vem com uma deliciosa geleia natural por cima e servida com pepininhos em conserva e pão de campanha escuro de produção própria. Eleito pelo mestre-cuca como a atração do cardápio, o salmão defumado, sugerido também de entrada, vem na companhia de blinis quase etéreas mais creme azedo e salada de abobrinha marinada (R$ 58,00). Merece o destaque que tem no menu. A pequena seleção de pratos principais inclui o feijão-branco cozido com tomate e cordeiro em cubos (R$ 75,00). Ricamente temperado, vem em porção generosa e atende aos apetites gigantes. A devoção às receitas tradicionais se mantém nas opções de filés. Provei a versão ao molho de pimenta (R$ 69,00), que está entre as melhores da cidade. De guarnição, recebe salada e deliciosos palitos de batata frita, amarelos claros, crocantes por fora e sedosos por dentro. Para os fãs, o petit gâteau com sorvete de baunilha (R$ 26,00, mesmo preço de todas as outras sobremesas) é feito com a rotineira competência. Da maneira como foi montado, o Ça-Va Érick Jacquin tem tudo para virar uma rede nos moldes do Le Jazz Brasserie.

    Informações checadas no mês de dezembro de 2020.