Albero dei Gelati – Jardins (Desde 2019)

Tipos de Comidinhas: Sorveterias
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Alameda Tietê, 198 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30622436
Horário:
segunda-feira
10:00 - 23:00
terça-feira
10:00 - 23:00
quarta-feira
10:00 - 23:00
quinta-feira
10:00 - 23:00
sexta-feira
10:00 - 00:00
sábado
10:00 - 00:00
domingo
10:00 - 23:00

Com uma filial fora da Itália apenas em Nova York, a sorveteria Albero dei Gelati chegou a São Paulo em julho deste ano como noticiei com exclusividade aqui no blog. A marca, nascida em 1985 na cidade de Milão pelas mãos da família Solighetto, levou ainda o segundo lugar como a estreia do ano de Comidinhas de VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020 em outubro. As novidades não param aí para Albero dei Gelati. Cinco meses depois da estreia paulistana, acaba de ganhar o segundo endereço na capital. Além da pioneira casa em Pinheiros, pertinho da Avenida Rebouças, a unidade número 2 fica no Jardim Paulista. A filial da gelateria, trazida para São Paulo pelo casal Fernanda Pamplona e Marco Giancola, ocupa agora o imóvel onde antes ficava a Tripolli Galeria de Arte. Com investimento de 500 mil reais, o espaço ficou em reforma por dois meses e é um pouco menor do que o original. Mas é no ponto original, em Pinheiros, que a Albero dei Gelati concentra a produção de toda a operação. Apesar do salão apertadinho, a vitrine apresenta dezoito sabores como em Pinheiros. Dos doze fixos, pistache e chocolate sempre têm vez nas cubas da vitrine refrigerada. Os outros seis são sazonais, caso de manga e amora. Há até algumas opções salgadas, entre elas a de pimentão. As pedidas podem vir na casquinha feita na casa ou em um copinho biodegradável e comestível feito de mandioca. O pequeno sai por 12 reais, o médio por 18 reais e o grande por 24 reais.

    Comer e beber

    • 2019 - Indicado

      Comidinhas - Inauguração do Ano Comer & Beber .

      A sorveteria, com matriz em Milão, na Itália, trouxe para a filial paulistana sabores clássicos do país europeu, como pistache e avelã. Parte das cubas, no entanto, é reservada para pedidas com insumos nacionais vindos de peque- nos produtores. São opções sazonais como cambuci e castanha-de-caju. Há também misturas pouco usuais, caso da alga spirulina com flores e chocolate com gengibre, ao lado de sabores tradicionais como morango. Em comum, os sorvetes têm textura macia e são levinhos, fáceis de ser saboreados até o fundo do potinho ou da casquinha feita ali mesmo. A porção pequena custa R$ 12,00 (dois sabores). Quem toca a operação com afinco é o casal Marco Giancola e Fernanda Pamplona.

      Gabrielli Menezes

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s