Clique e assine por apenas 6,90/mês

Para dormir e acordar bem, com Cauã Reymond

O ator, que narra o conto 'Deslumbramento' no aplicativo Calm, fala sobre sua relação de cuidado com a mente e o corpo

Por Helena Galante - Atualizado em 11 set 2020, 20h21 - Publicado em 14 set 2020, 00h10

Insônia. Só a palavra – e a imagem de rolar de um lado para o outro na cama sem conseguir fechar os olhos – tira a paz de muitos de nós. Que tal ouvir uma história para ajudar? Essa é a proposta de Cauã Reymond, que acaba de gravar para o aplicativo Calm a relaxante história para dormir Deslumbramento, de Chris Advansun. Convidado de Helena Galante para o episódio #66 do  podcast Jornada da Calma, Cauã fala sobre como desacelerar: “Fui aprendendo a encontrar esse tom de voz, esse ritmo que vai diminuindo para dar tempo do soninho chegar”.

O cuidado com a hora de dormir também é seguido de uma prática matinal para deixar a ansiedade de lado. “Tento não ligar o celular como a primeira coisa da manhã. Tenho tirado um tempo para ler em voz alta Autobiografia de um Iogue“, conta o ator e produtor.  Com o livro de Yogananda, Cauã tem aprendido a se reconectar: “Eu esqueci do meu lado espiritual durante muitos anos, fui muito cético.” Essa sensação de conexão hoje vem da observação da natureza e do entendimento do que é a espiritualidade. “Estou em mutação e está me fazendo bem. Quando você se ama, é mais fácil cuidar dos outros. É um presente que você se dá.”

Publicidade