Continua após publicidade

Orquestra Sinfônica do Estado anuncia sua temporada 2014

Formação, que completará 60 anos, divulga programação de concertos espalhada por 37 semanas

Por Redação VEJA SÃO PAULO
Atualizado em 16 Maio 2024, 17h06 - Publicado em 30 set 2013, 20h12

Foi divulgada nesta segunda (30) a programação de concertos da Orquestra Sinfônica do Estado para 2014, ano em que completa 60 anos. A temporada tem início oficialmente em 13 de março, embora para o começo de fevereiro estejam marcadas algumas récitas a preços populares. No total, são 79 programas espalhados por 37 semanas, entre música sinfônica, de câmara, recitais e coro.

A orquestra continua com as nomenclaturas designadas na gestão do diretor artístico Arthur Nestrovski. São elas a do compositor transversal, ou seja, tocado ao longo do ano por diversas formações diferentes (será o americano Leonard Bernstein), a do compositor visitante (o escocês James MacMillan) e a do músico em residência (o pianista francês Jean- Efflam Bavouzet). Terá continuidade o ciclo de sinfonias do finlandês Jean Sibelius. Outro autor presente com várias composições é Heitor Villa-Lobos.

Diretora musical da Osesp, a maestrina americana Marin Alsop regerá um conjunto de obras expressivas, caso das duas sinfonias mais famosas de Beethoven (a Quinta e a Nona), da imensa Terceira Sinfonia, de Mahler, e de uma versão concerto (sem cenário e figurinos) para a opereta Candide, de Bernstein. Outro destaque envolvendo Marin é a estreia sul-americana do Concerto para Saxofone, de John Adams. Cinco compositores brasileiros terão peças estreadas pela formação.

Entre os maestros convidados, destaque para o veterano Stanislaw Skrowaczewski, nascido há 90 anos na Polônia, em uma cidade hoje pertencente à Ucrânia. Ele lidera a orquestra em um compositor que é uma especialidade sua, o austríaco Anton Bruckner. A lista de regentes inclui figuras conhecidas do público paulistano, a exemplo de Frank Shipway, Giancarlo Guerrero e Yan Pascal Tortelier.

A seleção de solistas traz alguns nomes empolgantes. Caso do pianista americano Jeremy Denk, que, além de solar em um concerto de Mozart, vai tocar em recital-solo a experimental e raramente ouvida Sonata Concord, de Charles Ives. Sobressaem também o flautista Emmanuel Pahud (da Filarmônica de Berlim), os violinistas Christian Tetzlaff e Isabelle Faust, e a contralto Nathalie Stutzmann, além dos brasileiros conceituados no exterior Nelson Freire, Antonio Meneses e Paulo Szot. Ao lado de Freire, aliás, serão gravados dois discos para a prestigiosa gravadora Decca.

Continua após a publicidade

Confira mais detalhes sobre a temporada 2014 da Osesp no site oficial da orquestra.

Assinaturas

O período para renovação ou troca de assinaturas vai de 28 de outubro a 18 de novembro. Quem quiser se tornar assinante terá a chance de 3 a 20 de dezembro, com valor promocional, e de 21 de dezembro a 17 de janeiro de 2014, com valor integral. Os preços variam de acordo com a quantidade e o tipo de concertos (sinfônicos, câmara, coral), e também com o setor da Sala São Paulo, mas vão de R$ 128,00 a R$ 1432,00.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.