Clique e assine por apenas 6,90/mês

Conheça um dos maiores cartazistas do cinema nacional

O designer gráfico Marcelo Pallotta é responsável por pôsteres de filmes históricos

Por Miguel Barbieri - 4 Aug 2017, 18h24

Marcelo Pallotta é o mais requisitado cartazista do cinema paulistano. Com 50 anos de idade e vinte de carreira, o designer gráfico contabiliza no currículo 150 pôsteres de filmes marcantes, como Carandiru, O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, Cidade de Deus e Que Horas Ela Volta?.

Seu primeiro trabalho foi para Os Matadores (1997), de Beto Brant, e o mais recente para o longa-metragem Malasartes e o Duelo com a Morte, que estreia na quinta (10). O artista cobra de 8 000 a 15 000 reais por um serviço. A realização pode levar até três meses, dependendo dos palpites e das interferências do diretor, dos produtores e da distribuidora.

“Precisei de mais de 200 layouts para Carandiru”, relembra. Em sua mais difícil empreitada, Pallotta tenta conseguir apoiadores para o lançamento de um livro com toda a sua obra. Faltam cerca de 20 000 reais para o financiamento coletivo, no site partio.com.br.

Marcelo Palotta: um dos mais requisitados cartazistas do cinema paulistano Leo Martins/Veja SP
Publicidade