Continua após publicidade

Aspirante a ator, doceiro conquistou Silvio Santos com musses

O ex-boia-fria Zeca Fonseca também serve outros famosos enquanto sonha com o estrelato

Por Mariana Rosario Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 jan 2022, 09h14 - Publicado em 13 jul 2017, 18h39

A receita, acondicionada em potes plásticos, não tem nada de mirabolante: leite condensado, creme de leite e uma fruta para dar sabor. A determinação fez com que as musses do doceiro Zeca Fonseca, de 53 anos, caíssem no gosto de famosos como Silvio Santos. Em dezembro, mesmo sem conhecer o apresentador, Fonseca arriscou a sorte, deixando-lhe uma remessa do doce congelado no Jassa, salão que o “patrão” frequenta nos Jardins.

Dias depois, o próprio Silvio ligou fazendo um pedido. “Achei que fosse trote”, diz. Desde então, a cada duas semanas, entrega no cabeleireiro encomendas de quinze unidades, sobretudo de limão e maracujá, ao dono do Baú. Morador de um apartamento simples na Bela Vista, o baiano embolsa 3 000 reais por mês com a venda da guloseima nas ruas por até 7 reais cada uma. De Silvio, não cobra nada.

O “chef” e suas criações (Reinaldo Canato/Veja SP)

O desejo de se tornar ator motivou o ex-boia-fria a se mudar de Acajutiba, na Bahia, para São Paulo, em 1981. “Dormi na rua nos primeiros dias”, lembra. Foi servente de pedreiro para depois virar garçom, nos anos 80. Pegou gosto pela cozinha trabalhando em restaurantes como Fasano e La Brasserie Erick Jacquin. “Ele sempre quis ser artista”, afirma Jacquin. O rapaz investia o salário em cursos de teatro. Atuou em peças e fez pontas na TV.

Continua após a publicidade

Fonseca, que deixou de servir mesas em 2013, hoje corre atrás de celebridades para anunciar suas aspirações e comidinhas. Após saber que Rodrigo Faro estava em um restaurante nos Jardins, levou o doce para o apresentador experimentar. Conhecida dos tempos de Fasano, Adriane Galisteu provou o cuscuz paulista há dois anos e às vezes recebe o salgado em casa. Agora, o doceiro espera prosperar no SBT. Em um encontro no Jassa, deu um DVD com suas performances a Silvio. “Estou esperando a ligação da emissora”, sonha.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.