Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Onde provar boas versões de negroni

Conheça quatro bares que preparam o drinque que pode aquecer no inverno

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 28 jun 2018, 19h18 - Publicado em 11 out 2013, 18h23

O negroni, drinque com pegada italiana, leva apenas três ingredientes: gim, Campari e vermute tinto.

Selecionamos quatro casas que servem boas versões:

Apothek: tocado por Alê D’Agostino, é um bom lugar para clássicos. O drinque (R$ 27,00), com gim, vermute tinto e Campari, é um deles.

Bácaro Bar & Cucina: o endereço de pegada italiana conta com uma agradável varanda. Balanceado, o coquetel (R$ 28,00) é feito com gim Beefeater.

Laranjeiras: conquista pela agradável área ao ar livre, onde dá para bebericar misturas como o tradicional negroni (R$ 28,00).

Negroni: o drinque de origem italiana que dá nome à casa é dos bons e custa de R$ 29,00 a R$ 59,00, a depender das marcas das bebidas escolhidas.

Continua após a publicidade
Publicidade