Clique e assine por apenas 6,90/mês

Lano-Alto, que tem Dani Noce como sócia, abre na Vila Madalena

Os produtos vêm da fazenda na Serra do Mar dos publicitários Peèle Lemos e Yentl Delanhesi

Por Gabrielli Menezes - Atualizado em 12 Aug 2019, 11h56 - Publicado em 9 Aug 2019, 06h00

Faz cinco anos que os publicitários Peèle Lemos e Yentl Delanhesi trocaram São Paulo pela Lano-Alto, fazenda na Serra do Mar. Desde então, dedicam-se à produção artesanal de laticínios e fermentados.

Há oito meses, a empresa ganhou como sócios os influenciadores digitais Danielle Noce e Paulo Cuenca. “Nossa ideia é ter a marca acontecendo on-line e off-line”, comenta Lemos, que também administra o Instagram.

Queijo de leite cru: produção própria Divulgação/Divulgação

As criações que costumam ganhar comentários dos mais de 41 000 seguidores agora podem ser levadas para casa ou provadas no espaço colaborativo Casa Aberta, de quinta a sábado.

O queijo quente (R$ 15,00) em formato de torrada vai além do básico. Sobre o pão de fermentação natural da Farinoca — um dos poucos itens de fora — vão manteiga fermentada, sementes de mostarda e queijo de leite cru curado por três meses.

Continua após a publicidade

Esse último ingrediente aparece numa cumbuca com doce de leite e raspas de limão-cravo (R$ 6,00). As pedidas impressionam pela delicadeza, assim como a kombucha (R$ 12,00, 500 mililitros), bebida fermentada de chá que, aqui, tem acidez equilibrada e ganha sabores como capim-limão com guaco.

 

Publicidade