Clique e assine por apenas 6,90/mês

Cuscuz paulista de primeira

Quatro endereços para saborear cuscuz paulista

Por Arnaldo Lorençato e Saulo Yassuda - Atualizado em 17 Feb 2017, 19h32 - Publicado em 17 Feb 2017, 13h10

São muitas as versões de cuscuz desenvolvidas pelas casas paulistanas, de recheio de camarão a caldo pra comer de colher. Veja a seleção de quatro casas da cidade que servem o prato.

Amadeus. A chef Bella Masano faz sucesso com suas receitas de pescados. Tradicional na casa, o cuscuz (R$ 39,00) servido de entrada é preparado com camarão, palmito, ervilha e azeitona.

Beth Cozinha de Estar. Se estiver no Itaim em uma quarta-feira, escolha no bufê da chef Beth Branco o cuscuz de frango, de umidade exemplar. O preço por pessoa é R$ 69,00 durante a semana e R$ 72,00 aos sábados.

O Compadre. Em formato quadrado, a boa receita de cuscuz pode ser pescada no bufê da casa (R$ 75,90 durante a semana; R$ 85,90 nos sábados e domingos). Os aparadores expõem ainda itens como quiabo verdinho, pernil e farofa com salsinha.

Continua após a publicidade

Solo Cozinha & Bar. Chamada de cuscuz caipira, a versão do chef Danilo Gozetto é para comer de colher. O caldo de galinha engrossado com farinha de milho vem com a ave, milho, azeitona, palmito, ervilha e ovo poché (R$ 22,00).

Publicidade