Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Especialista dá dicas de como combinar cervejas e queijos

Das bebidas mais leves às encorpadas, Cilene Saorin destaca as melhores opções; saiba onde comprar os produtos

Por Mariana Oliveira Atualizado em 5 dez 2016, 14h14 - Publicado em 31 jul 2014, 20h29

“Quando se fala em harmonização, duas palavras são peças-chave: equilíbrio e diálogo”, alerta Cilene Saorin, mestre cervejeira e sommelière. Cilene participa da curadoria do Degustação Beer & Food, evento que começa nesta sexta (1º) e reúne produtores, apreciadores e especialistas da bebida. A pedido de VEJA SÃO PAULO, ela deu dicas de quais queijos vão bem com os diferentes tipos de cerveja que encontramos em mercados e empórios da cidade.

+ Sommelier do Fasano indica os melhores vinhos baratos de supermercados

+ Paçoquinha cremosa: descobrimos por que é difícil encontrá-la

Levando em consideração a quantidade de gordura dos laticínios e a intensidade das bebidas (medida pela combinação entre álcool, amargor, acidez e frisante), a lista abaixo começa pelas opções mais leves e termina com sabores mais marcantes. “A harmonização entre comida e bebida vai além da preparação da boca para a próxima garfada. Quando a interação entre as características dos alimentos é completa, temos uma sensação parecida com um abraço em quem amamos”, reflete a sommelière.

+ Restaurantes oferecem fondue na temporada de frio

Queijos frescos: por conter pequenas quantidades de gordura, laticínios como o minas frescal e a ricota formam boas combinações com as cervejas do tipo pilsen, encontradas facilmente em qualquer supermercado da cidade. Entram opções como a Bohemia Pilsen, Baden Baden Cristal, Stella Artois, Estrella Damm e Heineken. 

Queijos de casca branca: o brie e o chèvre fazem parte dessa família. Para acompanhar a primeira opção, feita com leite de vaca, escolha o tipo weiss. A dica é a alemã Bamberg Weizen. Com os queijos de cabra, compre bebidas do tipo wit, como a Hoegaarden Wit. 

Queijos semiduros: para os fãs do gruyère, queijo suíço, a mestre-cervejeira indica as bebidas do tipo blond ale, como a La Trappe Blond. Da mesma família, o emmental forma uma ótima dupla com o estilo belgian pale ale. É exemplo a Eisenbahn Pale Ale. 

Queijos duros: parmesão e pecorino são grandes exemplos dessa classificação. Um mesmo estilo de cerveja pode harmonizar os dois: robust porter. Bem encorpada, a londrina Fuller’s London Porter casa com laticínios mais gordurosos. 

Queijos de veios azuis: com sabores intensos, queijos como gorgonzola e roquefort precisam de cervejas mais robustas. Para casar com o primeiro, típico da Lombardia, região da Itália, aposte nas famosas IPAs (india pale ale), como a Colorado Indica. Já o laticínio francês cai bem com o estilo Imperial Stout, que tem como bom exemplo a versão feita pela cervejaria Bierland. 

+ Restaurantes incrementam menus com sopas e caldos

Confira abaixo a lista com todos os queijos e cervejas citadas no texto e veja onde encontrar cada produto:

CERVEJAS

Bohemia Pilsen

Baden Baden Cristal

Stella Artois

Estrella Damm

Heineken

Continua após a publicidade

Bamberg Weizen

Hoegaarden Wit 

La Trappe Blond

Eisenbahn Pale Ale

Fuller’s London Porter

Colorado Indica

 

QUEIJOS

Minas Frescal

Ricota

Brie

Chèvre

Gruyère

Emmental

Parmesão

Pecorino

Gorgonzola

Roquefort

* Preços checados em 31/7/2014

Continua após a publicidade

Publicidade