Imagem Blog

Tudo de Som

Novidades da música, clipes, entrevistas, artistas, listas e shows, por Tomás Novaes.
Continua após publicidade

Madama Butterfly abre temporada de óperas do Theatro Municipal

A montagem fica em cartaz entre 15 e 23 de março, com direção cênica de Livia Sabag; novo lote ingressos será disponibilizados nesta sexta-feira (1)

Por Tomás Novaes
Atualizado em 1 mar 2024, 10h40 - Publicado em 1 mar 2024, 00h06

A ópera Madama Butterfly, de Giacomo Puccini (1858-1924) com libreto de Luigi Illica (1857-1919), ganha nova montagem no Theatro Municipal nos dias 15, 16, 17, 19, 20, 22 e 23.

O espetáculo em três atos conta a história de Cio-Cio-San, jovem japonesa que tem um filho com o oficial da marinha americana Pinkerton, em missão no Japão, e é abandonada por ele.

Com direção de Livia Sabag, a montagem estreou no Teatro Cólon, em Buenos Aires, em novembro passado. A produção ressalta o crescente sofrimento da protagonista e o machismo e racismo presentes no seu casamento, além de incluir, na cenografia, projeções de cenas do filme Oharu – A Vida de Uma Cortesã (1952), do cineasta Kenji Mizoguchi (1898-1956).

A direção musical é de Roberto Minczuk, que assume a regência da Orquestra Sinfônica Musical nos dias 15, 16, 17, 19 e 20. Nos dias 22 e 23, Alessandro Sangiorgi será o maestro.

Continua após a publicidade

Também com acompanhamento do Coral Paulistano, a produção terá dois elencos. Nos dias 15, 17, 20 e 23, a soprano Carmen Giannattasio (Cio-Cio-San/Madama Butterfly), o tenor Celso Albelo (Pinkerton), a mezzo-soprano Ana Lucia Benedetti (Suzuki) e o barítono Douglas Hahn (Sharpless) fazem o quarteto principal.

Nos dias 16, 19 e 22, os protagonistas são interpretados pelo tenor Enrique Bravo (Pinkerton), a mezzo-soprano Juliana Taino (Suzuki), o barítono Michel de Souza (Sharpless) e a soprano Eiko Senda (Cio-Cio-San/Madama Butterfly) — a cantora também estrelou outras duas montagens anteriores do espetáculo no Municipal, em 1999 e 2008.

Desde 1911, ano da primeira encenação da ópera no palco paulistano, a história foi encenada aproximadamente quarenta vezes.

A cenografia é assinada por Nicolàs Boni, a iluminação é de Caetano Vilela, o figurino de Sofia Di Nunzio, Matias Otálora no vídeo e Mercedes Marmorek na assistência de direção cênica.

Continua após a publicidade

Uma nova leva de 50 ingressos para cada récita será disponibilizada nesta sexta-feira (1), no site do Theatro Municipal.

12 anos. Theatro Municipal. Praça Ramos de Azevedo, s/nº, ☎ 3053-2090. ♿ Sex. (15), ter. (19), sáb. (16), qua. (20) e sex. (22), 20h. Sáb. (16), dom. (17) e sáb. (23), 17h. R$ 165,00. theatromunicipal.org.br.

Compartilhe essa matéria via:

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.