Imagem Blog

O Sexo e A Cidade

Por Blog
Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo
Continua após publicidade

Mulheres ocupam 80% dos postos de trabalho do setor moteleiro da cidade

Entre as 15 000 pessoas que trabalham nos 300 motéis na cidade, uma turma de 12 000 mulheres domina 80% dos postos de trabalho. Elas ocupam posições de liderança nas áreas administrativas, além de recepcionistas, camareiras, cozinheiras e arrumadeiras. + Polêmica: “Disney Erótica” é vetada por vereadores de São Pedro; idealizador garante que projeto segue “As […]

Por Ana Carolina Soares
Atualizado em 26 fev 2017, 13h58 - Publicado em 3 mar 2016, 12h17
studio

Suíte do motel Studio A

Entre as 15 000 pessoas que trabalham nos 300 motéis na cidade, uma turma de 12 000 mulheres domina 80% dos postos de trabalho. Elas ocupam posições de liderança nas áreas administrativas, além de recepcionistas, camareiras, cozinheiras e arrumadeiras.

+ Polêmica: “Disney Erótica” é vetada por vereadores de São Pedro; idealizador garante que projeto segue

“As mulheres costumam ser mais receptivas no trato com o cliente, além de serem dedicadas e caprichosas na conservação do ambiente e preparação de cardápios. Sem elas, todos os esforços do setor seriam prejudicados”, declara Eusébio Ribeirinha, presidente da Associação Brasileira de Motéis (ABMotéis), que divulgou essa pesquisa na quarta (2).

Continua após a publicidade

No Brasil todo, são quase 180 000 mulheres, que atualmente ocupam 80% das vagas de trabalho em um setor que emprega quase 230 000 funcionários diretos. Para se ter uma ideia da importância e força desse mercado, no país existem aproximadamente 5 000 motéis, que movimentam 4 bilhões de reais por ano.

+ MCs deixam hits sobre “novinhas” e lançam o funk feminista

A previsão para 2015 era de crescer 20% em faturamento, mas houve uma queda média de 10%, por conta da economia instável. De toda forma, no ano passado a ABMotéis estima que o setor hospedou em todo o país cerca de 90 milhões de pessoas.

Continua após a publicidade
recepcionista motel

Mulheres ocupam 180 000 dos 230 000 postos do setor no país

+ As principais notícias da cidade

“Os motéis de todo o país vêm passando por um processo de mudanças, seguindo os mesmos moldes oferecidos no setor hoteleiro”, diz Ribeirinha. A crise no país é encarada como um período gerador de oportunidades. Por causa do aumento de preços no entretenimento (restaurantes, bares, cinema, entre outros), esses “hotéis do prazer” agora oferecem uma opção mais completa. Tem de tudo: jantares assinados por chefs renomados, combos com passeios de helicóptero e afins… Segundo o setor, chega a representar uma economia de 50%, ao considerar os elementos que compõem uma noite para um casal.

Continua após a publicidade

Os empresários do ramo acreditam na recuperação em longo prazo.”Com a ajuda das mulheres, o principal desafio de 2016 para a categoria será equilibrar o aumento de custos que chegou a 25%, principalmente com energia elétrica, repassando o menor custo possível para os hóspedes”, diz Ribeirinha.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.