Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Nina não está só: cinco heroínas com sede de vingança

Na novela “Avenida Brasil”, a revanche de Nina (Débora Falabella) contra Carminha (Adriana Esteves) demorou mais de cem capítulos para sair do papel. Mas a espera não foi em vão: há duas semanas, a mocinha da história vai à forra e, com técnicas sofisticadas de tortura psicológica, humilha a adversária. (Os GIFs deste post são […]

Por VEJASP Atualizado em 27 fev 2017, 12h14 - Publicado em 7 ago 2012, 15h39

Na novela “Avenida Brasil”, a revanche de Nina (Débora Falabella) contra Carminha (Adriana Esteves) demorou mais de cem capítulos para sair do papel. Mas a espera não foi em vão: há duas semanas, a mocinha da história vai à forra e, com técnicas sofisticadas de tortura psicológica, humilha a adversária.

(Os GIFs deste post são do tumblr Avenida Brasil GIFs)

Os números de audiência mostram que o espectador quer ver a vilã passar por poucas e boas – oito em cada dez televisores do Brasil estão sintonizados na atração da TV Globo. O fenômeno escrito por João Emanuel Carneiro comprova o poder de um tipo cada vez mais comum no cinema e em seriados: as heroínas com sede de vingança.

Nina não está só.

A seguir, confira cinco “femme fatales” que fizeram de tudo para recuperar a honra perdida:

1 A Noiva, em “Kill Bill” (Quentin Tarantino, 2003/2004)

Tarantino tem uma queda por histórias sangrentas de traição e vingança – vide “Bastardos Inglórios” (2009), por exemplo. Mas nenhuma outra personagem do diretor incorporou com tanta fúria a missão de eliminar os seus inimigos. Após acordar de um coma e descobrir que perdeu o filho, a noiva de Uma Thurman vai levar o instinto maternal às consequências mais violentas.

2 Lisbeth Salander, em “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres” (David Fincher, 2011)

A hacker Salander é a alma da trilogia de best sellers escrita pelo sueco Stieg Larsson. Não à toa. Agressiva e agoniadíssima, a heroína (interpretada na versão norte-americana por Rooney Mara) tem mil e um traumas, sofridos num passado obscuro. Junte esse inferno psicológico às habilidades tecnológicas e o que temos? Uma mulher sempre à beira de um ataque de nervos.

Continua após a publicidade

3 Emily Thorne, na série “Revenge” (Mike Kelley, 2011-2012)

Há quem veja semelhanças demais entre a trama da série, exibida na rede norte-americana ABC, e a da novela “Avenida Brasil”. E, na verdade, elas existem – acima de tudo na trama principal, sobre uma mulher (Emily VanCamp) que tenta acertar as contas com a vilã malvadíssima (Madeleine Stowe) que separou a heroína do pai. As coincidências, no entanto, não parecem incomodar os fãs da novela: vários deles assistem aos dois programas.

 4 Erica Bain, em “Valente” (Neil Jordan, 2007)

Não, não estamos falando no desenho animado da Pixar. Neste thriller assinado pelo diretor de “Traídos pelo Desejo”, Jodie Foster interpreta uma espécie de versão feminina de Dirty Harry, o policial turrão que fez a fama do ator Clint Eastwood. Atacada por três criminosos em um parque de Nova York enquanto passeia com o noivo, ela compra uma arma ilegalmente e se torna uma justiceira.

5 Jennifer Hills, em “Doce Vingança” (Steven R. Monroe, 2010)

Essa é para quem tem nervos de aço: a escritora interpretada por Sarah Butler se refugia numa casa de campo para criar um livro, mas acaba abusada por um grupo de vândalos. Ela não se dá por vencida e planeja um ataque cruel, com traquitanas sádicas que poderiam ter sido usadas na fita de horror “Jogos Mortais”. Sexo frágil? Nem pensar.

(Tiago Faria)

+ Celebridades mergulham no mundo da Disney
+ Pequeno manual de etiqueta periguete
+ Eleições 2012: os piores jingles da temporada
+ O melhor (e o mais infame) de ‘Avenida Brasil’ na web

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)