Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Após salvar bebê enterrado vivo, mulher o reencontra 20 anos depois

"Obrigada por entrar na minha vida", agradeceu a mulher no reencontro emocionante

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 fev 2020, 14h07 - Publicado em 18 Maio 2018, 17h35

Matthew Whitaker é muito sortudo. O motivo? O rapaz foi encontrado por Azita Milanian enterrado vivo em uma floresta quando ainda era apenas um recém-nascido, 20 anos atrás. Duas décadas depois, o jovem finalmente conheceu sua salvadora em um reencontro emocionante que está chamando atenção na internet. “Eu esperei por você por 20 anos!“, disse a mulher.

Você é exatamente como eu imaginava. Eu acertei o seu tamanho, tudinho. Obrigada por entrar na minha vida. Você mudou a minha vida para sempre. Eu sabia que nós iríamos nos reencontrar. No dia que eu te conheci, renovei a minha fé. Deus nos uniu por um motivo“, disse a mulher, emocionada.

Azita encontrou Matthew enquanto estava caminhando por uma trilha na Califórnia, nos Estados Unidos, em 1998. Ele estava enterrado em uma vala rasa, coberto por terra. Quase não respirava. Foi um dos cachorros da mulher que a alertou, indicando o pé do bebê.

O meu cachorro foi atrás de algo e eu achava que era um animal morto ou outra criatura“, contou Azia em uma entrevista da década de 90. “Quando eu olhei para a terra, eu pude ver que era uma criança“, relembrou a mulher. Ela, então, começou a cavar freneticamente até encontrar o bebê. “Eu gritei. Tinha uma pequena toalha azul e um bebê na vala“.

Continua após a publicidade

A mulher tentou ligar para a emergência, mas não teve sucesso. Então, alertou um motorista que passava pelo local e explicou toda a situação. O homem foi até a polícia local enquanto Azia ficava na trilha, com Matthew, confortando e limpando o bebê: “Ele agarrou o meu pulso e parou de chorar. Foi tudo muito emocionante. Que tipo de humano doente pode fazer algo assim? Ele ainda estava com o cordão umbilical“, disse a mulher.

Matthew sobreviveu e foi levado para a adoção. Azia nunca mais viu o menino, e a pessoa que abandonou a criança não foi encontrada. O jovem só ficou sabendo da história surpreendente há pouco tempo: “Eu estava no carro com a minha madrinha e ela me disse: ‘Alguém já te contou a história de como você foi encontrado?’. E eu respondi que não. Após descobrir a verdade eu fiquei em choque e, ao chegar em casa, comecei a fazer pesquisas e contar para todo mundo. É legal que eu tenha sobrevivido ao impossível“.

Continua após a publicidade

A dupla de amigos improváveis pretende manter contato, mas, mais importante, Azita realizou um sonho que parecia inviável: após tentar fazer contato com o menino anos atrás, ela recebeu a notícia de que tinha sido adotado e que ela não poderia reencontrá-lo. “Foi muito frustante. Eu esperava que ele me encontrasse, da mesma maneira que eu o encontrei naquele dia“.

As informações são do Bored Panda.

Dê sua opinião: E você, o que achou do reencontro emocionante? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.