Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Mulher do jovem rapaz que inspirou “A Culpa É das Estrelas” morre cinco dias após o marido

A jovem Esther Earl, que morreu aos 16 anos de idade, pode ter inspirado a personagem Hazel de A Culpa É das Estrelas, mas ela não é a única influência na obra de John Green. No sábado (17), morreu o jovem Dalton Prager, com apenas 25 anos de idade. Assim como Esther, ele também inspirou o livro […]

Por VEJASP
Atualizado em 26 fev 2017, 10h04 - Publicado em 23 set 2016, 13h53

003

A jovem Esther Earl, que morreu aos 16 anos de idade, pode ter inspirado a personagem Hazel de A Culpa É das Estrelas, mas ela não é a única influência na obra de John Green. No sábado (17), morreu o jovem Dalton Prager, com apenas 25 anos de idade. Assim como Esther, ele também inspirou o livro que fez sucesso mundial.

+ Casal faz ensaio inspirado em Diário de Uma Paixão para celebrar 57 anos juntos
+ Preço dos novos fones de ouvido está levando os fãs da Apple à loucura na web

O rapaz morreu após contrair uma infecção no hospital. Na quinta (22), apenas cinco dias após a morte do marido, sua mulher, a jovem Katie Prager, também morreu por causa de complicações provocadas pela fibrose cística, uma doença que tinha desde criança, e de um transplante de pulmão. Ela tinha 26 anos. “Mais cedo, ela teve o desejo de estar em casa atendido. Estava em sua cama, perto da mãe, pai, irmão e seus cachorros, morrendo em paz, longe dos tubos do hospital“, escreveu Debra Donovan, mãe da mulher, no Facebook.

Continua após a publicidade

04

Dalton Prager foi a referência usada por John Green para criar o personagem de Augustus Waters. O rapaz e Katie sofriam da mesma doença e a enfrentaram juntos, assim como muitos outros problemas de saúde. Ele desenvolveu um linfoma após fazer um transplante de pulmão em 2014. O transplante da jovem, feito em 2015, também foi problemático e ela ia e voltava constantemente ao hospital, até os médicos dizerem que não havia mais nada a ser feito.

002

Continua após a publicidade

Os médicos de Katie a aconselharam a não ter nenhum contato com outros pacientes com fibrose cística, mas ela insistiu em conhecer Dalton pessoalmente após eles conversarem pela internet. Eles se casaram dois anos depois, em 2011, quando eles tinham apenas 20 anos de idade: “Ele disse que preferiria ser feliz de verdade por cinco anos e morrer mais cedo a ser mediocremente feliz e viver por 20 anos“, contou Katie. A morte precoce do casal provocou comoção na internet, com muitas pessoas publicando mensagens de carinho e esperança nas redes sociais após a notícia.

001

Dê sua opinião: E você, o que achou da bonita história de amor vivida pelos jovens? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.