Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Entenda por que este vídeo de 1992 da “Escolinha do Professor Raimundo” está fazendo sucesso na internet

A política nacional chegou num ponto em que até o Sergio Mallandro está indignado com a situação: nesta segunda (18), o ator e comediante publicou em seu perfil oficial do Facebook um vídeo de 1992 — e o motivo não poderia ser mais atual. + Quem é o papagaio de pirata que chamou a atenção durante o […]

Por Tatiane Rosset
Atualizado em 26 fev 2017, 12h21 - Publicado em 19 abr 2016, 13h46

ABRE02

A política nacional chegou num ponto em que até o Sergio Mallandro está indignado com a situação: nesta segunda (18), o ator e comediante publicou em seu perfil oficial do Facebook um vídeo de 1992 — e o motivo não poderia ser mais atual.

+ Quem é o papagaio de pirata que chamou a atenção durante o impeachment?
+ A web está indignada com a deputada que votou “sim” e teve o marido preso

Trata-se de uma cena do humorístico Escolinha do Professor Raimundo do começo da década de 1990. Nela, o personagem Batista e o docente, interpretado por Chico Anysio, comentam a votação da Câmara dos Deputados na época do ex-presidente Fernando Collor. “Para quem acha que o episódio de ontem foi novidade, dá uma olhada nesse vídeo da Escolinha do Professor Raimundo de 1992 na época do impeachment do Collor!“, escreveu Mallandro. Assista: 

Continua após a publicidade

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Foficialsergiomallandro%2Fvideos%2Fvb.254363567992333%2F997677253660957%2F%3Ftype%3D3&show_text=0&width=560
 
Até o momento, o vídeo já foi visto mais de 2 milhões de vezes em menos de 24 horas — o motivo, é claro, é a estranha coincidência entre o discurso de Batista, interpretado pelo ator Eliezer Motta, com o dos deputados atuais, que votaram “pelos filhos, pela mulher, por Roraima…” durante a discussão sobre o impeachment da presidente Dilma.

Pois é: mais de 20 anos se passaram, mas a política nacional continua a mesma.

Dê sua opinião: E você, o que achou da estranha coincidência envolvendo o humorístico? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.