Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha há dez anos. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Los Perros serve vinhos em clima de boteco na Consolação

O bar, que prioriza os rótulos acessíveis, é tocado pelo sommelier Fabiano Aurélio

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 jan 2022, 14h31 - Publicado em 3 dez 2021, 06h00

Os resquícios do antigo inquilino do imóvel, um boteco fechado no início do ano, continuam ali: mesas simples de madeira, estufa de salgados (atualmente, em desuso) e pastilhas cinza e brancas no balcão. De resto, tudo mudou.

O estabelecimento ganhou novo nome — Los Perros — Vinho no Boteco —, dono — o sommelier Fabiano Aurélio, que já passou pela importadora Grand Cru, pelo restaurante A Figueira Rubaiyat e foi sócio do Rubi Wine Bar, nos Jardins — e conceito — de pé-sujo que servia pê-efes para bar de vinhos. E, importante: a antiga iluminação pálida ficou amarelada, bem mais acolhedora.

Fabiano Aurélio posa apoiado sobre uma mesa junto de uma taça de vinho
Fabiano Aurélio: o sommelier toca o bar com jeitão de boteco (Ligia Skowronski/Veja SP)

Um feito raro, o lugar, aberto em outubro, consegue combinar bem o despojamento de botequim com carta de vinhos e serviço decentes. É o próprio Aurélio que faz as sugestões às turmas que frequentam o espaço, muita gente na faixa de 30 e poucos que quer tomar uma taça com o mesmo espírito que beberica um copo americano de cerveja.

A carta elenca 48 rótulos, boa parte europeus e com preços que não vão muito além dos R$ 100,00. Opções mais simples, portanto. Um deles é o tinto português Beyra, da Rui Roboredo Madeira, elaborado com tinta roriz (ou tempranillo) e touriga nacional, por R$ 104,00. Há três variedades disponíveis em taça, caso do branco Vale Romões (R$ 14,00), também português, para refrescar.

Pequena panela metálica serve camarões com tomate. Ao fundo, uma taça de vinho branco.
Panelinha de camarões: finalizada com tomate e um toque de bacon (Ligia Skowronski/Veja SP)

Ainda que haja uma porção de salgadinhos de festa (R$ 23,00; quibe, coxinha e bolinho de carne-seca com abóbora), dominam o curto menu as pedidas à moda espanhola. Uma dica é a panelinha de camarão ao alho e óleo com tomate e um toque de bacon (R$ 44,00).

A chamada croqueta de jamón não tem a delicadeza das originais espanholas — está mais para um croquete massudinho — (R$ 29,00, seis unidades), mas nada mal para petiscar em clima botequeiro.

Los Perros – Vinho no Boteco
Salão e retiradas: Rua Bela Cintra, 806, Consolação, tel. 99599-1972
Das 16h até 23h30 (sexta e sábado até 0h30; fecha domingo).
Instagram: @losperros.boteco. 

Avaliação: BOM (✪✪✪)

Confira o cardápio:

Continua após a publicidade

menu

Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Valeu pela visita! Tem alguma novidade para me enviar? Meu e-mail é saulo.yassuda@abril.com.br

Também estou no Instagram: @sauloyassuda

E, olha só, voltei ao Twitter: @sauloy

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.