Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Sophie Charlotte emociona como Gal Costa em cinebiografia

Filme dirigido por Dandara Ferreira e Lô Politi foca no período do movimento tropicalista no Brasil

Por Barbara Demerov
13 out 2023, 06h00

✪✪✪ Gal Costa é um furacão, um acontecimento e uma constante na música brasileira. “É”, não “foi”, pois nem sua morte, em novembro de 2022, foi capaz de silenciar sua voz que mesclava doçura com força. Na verdade, ela só ficou mais forte.

+‘Lupin’: criador do sucesso da Netflix fala sobre a nova temporada

Prova disso é a estreia de Meu Nome é Gal, filme dirigido por Dandara Ferreira e Lô Politi (a última também assina o roteiro) que chegou aos cinemas nesta quinta (12) de feriado. Com a aprovação e incentivo da própria artista, a atriz Sophie Charlotte (Rio do Desejo) encarna Gal desde a época em que o movimento tropicalista começou nos anos 60.

A chegada da Ditadura Militar e a prisão e exílio de Caetano Veloso e Gilberto Gil, amigos próximos de Gal, são alguns pontos abordados pelo enredo. E, entre uma passagem mais conturbada e outra, há música para dar e vender – como o esperado. Sophie empresta sua voz em alguns momentos, mas as versões originais de clássicos como Baby, na voz da cantora e compositora baiana, dão um toque extra de emoção.

Dandara e Lô não hesitam em aproximar a câmera do rosto de Sophie: esse movimento combina com o ritmo instável da vida da Tropicália em tempos difíceis.

Continua após a publicidade

Porém, falta a Meu Nome é Gal foco em expor mais detalhes na narrativa. As cenas apenas acompanham Gal performando em um curto período de tempo. Apesar dos anos 60 e 70 terem sido definitivos para torná-la a voz feminina do Brasil, o desfecho se resume a uma bonita homenagem quando tinha o potencial de ser muito mais.

Publicado em VEJA São Paulo de 13 de outubro de 2023, edição nº 2863

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.