Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

‘Lupin’: criador do sucesso da Netflix fala sobre a nova temporada

Série com o astro Omar Sy foi a primeira produção francesa a chegar no Top 1 global do streaming

Por Barbara Demerov
11 out 2023, 15h24

✪✪✪ A Parte 3 de Lupin, série de sucesso da Netflix, está disponível no streaming. Estrelada pelo francês Omar Sy como Assane Diop, a trama acompanha o protagonista em um novo plano: ir embora da França e começar uma vida nova com sua família em outro país.

Confira abaixo um papo exclusivo com George Kay, criador da produção.

Como define Assane na Parte 3?
Assane saiu de uma vida de criminoso anônimo nas Partes 1 e 2 e agora é o homem mais procurado da França. O disfarce dele foi revelado devido ao que aconteceu no final da Parte 2, no Teatro Châtelet, e agora todos fazem a mesma pergunta: “Onde ele está?”. Isso é um problema para um ladrão, já que não dá para roubar algo quando todo mundo sabe quem você é. Então, Assane volta a Paris e descobre que a cidade inteira está procurando por ele.

E qual é o próximo passo do personagem?
Ele está constantemente buscando acertar o relacionamento com a ex-namorada Claire e o filho Raoul, porque uma das coisas que adoro em Lupin é o fato de ele ser um herói com falhas. Então, ele pode fazer o que quiser, mas não consegue equilibrar família e vida pessoal. Espero que isso ajude o público a se identificar com ele, em vez de vê-lo como um super-herói de capa. Então, o próximo passo é tentar resolver tudo. Ele vai fazer isso cometendo crimes grandiosos, se aproximando da família ou criando um plano para permitir que eles fujam.

Continua após a publicidade

O elemento familiar nunca foi tão importante na série como agora. É isso mesmo?
Tudo o que fazemos em Lupin precisa ter um núcleo emocional. Isso deixa a história divertida e define a sequência das cenas, pois sabemos o motivo das atitudes e o que está por trás dessas ações ou, no mínimo, estamos questionando a razão delas. Então, sim, as necessidades emocionais da família Diop são importantíssimas.

O que você pode falar sobre os novos personagens?
Em termos gerais, nas Partes 1 e 2, olhamos para a classe dominante na França. É possível contar muitas histórias sobre o quanto o establishment pode ser inacessível na França e em qualquer sociedade, especialmente na Europa, onde existem várias camadas históricas na sociedade e nas diferentes classes sociais. Na Parte 3, quis fazer o contrário: olhar para a origem dos personagens que gostamos tanto de conhecer, ver de onde eles vieram e o que acontece com eles depois. Você vê na Parte 3 que o passado tem muito mais a dizer em termos sociais e está associado ao lugar de onde os personagens vieram. Isso se aplica ao jornalismo e à polícia, mas também se aplica ao passado do jovem Assane, pois, ao ficar famoso, é preciso ter cuidado para não se esquecer de onde veio. Esse é um tema que buscamos explorar e que também leva a um elenco mais diversificado, um aspecto muito importante da série. Há várias pessoas de origens e etnias diferentes na série, mas tudo parece moderno na França. Esse foi o motivo de apresentar os novos personagens: para dar um frescor à série, trocar o antagonista e explorar outros temas.

A vingança é um tema importante ao longo desta parte. Você concorda?
Concordo plenamente. A vingança está no centro da Parte 3 e ela pode ter várias formas. Esse é um ponto principal da trama. Ela pode aparecer em vários tipos de drama, como faroeste. A vingança pode estar em tudo, mas quando Assane está fazendo tantas proezas teatrais em vários cenários, o drama por trás de tudo isso precisa ser bem direto e a vingança é um ótimo tema a se explorar. Agora, parece que alguém quer vingança contra Assane. Não sabemos quem é, então esse mistério oferece tensão, incerteza e até paranoia para Assane durante a parte 3. A tarefa dele é descobrir quem é essa pessoa.

Continua após a publicidade

Por que a história brinca com a ideia de invisibilidade?
Havia uma invisibilidade diferente nas Partes 1 e 2, na qual Assane era invisível por ser de uma etnia diferente. Já na Parte 3, a invisibilidade é uma necessidade porque Assane é o homem mais procurado da França, então ele não pode mais fazer o que fazia antes. Ele normalmente tem que desconfiar de tudo e todos e, agora, Assane Diop, é um homem que está desconfiado de tudo em todos os aspectos: em termos do passado, de quem está atrás dele e do mistério sobre a identidade dessa pessoa. Outro fato importante é que o antagonista de Assane nesta temporada também é invisível, então existem muitas forças invisíveis atuando em Paris na parte 3 de Lupin.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.