Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Pacificador: série humaniza protagonista e não economiza na violência

Série da HBO Max reapresenta o controverso anti-herói do título, interpretado pelo ator e lutador de WWE John Cena

Por Barbara Demerov Atualizado em 14 jan 2022, 14h29 - Publicado em 14 jan 2022, 06h00

✪✪✪✪ Quando O Esquadrão Suicida foi lançado em 2021, o diretor James Gunn apresentou anti-heróis nada convencionais ao público — o que inclui uma jovem capaz de controlar ratos e uma doninha. Além deles, o personagem Pacificador, interpretado pelo ator e lutador de WWE John Cena, recebeu tanta atenção que, agora, possui uma série para chamar de sua.

+ The Batman, Top Gun 2 e mais: os filmes mais aguardados de 2022

Pacificador, da HBO Max, estreou na última quinta-feira (13) com seus três episódios iniciais e reapresenta o protagonista, que jura acreditar na paz a qualquer custo, não importa quantas pessoas ele tenha de matar para obtê-la.

Apesar de parecer bruto no filme, na série a figura do protagonista é trabalhada mais a fundo. Desde o relacionamento com o pai supremacista até as inseguranças que guarda desde jovem, o Pacificador é deixado um pouco de lado para que Christopher Smith, o homem por trás do uniforme, entre em cena.

Mas é claro que ação e violência se alternam ao longo dos divertidos episódios. O ator esbanja carisma ao lado do acertado elenco, que inclui Danielle Brooks, Jennifer Holland, Steve Agee, Robert Patrick, Freddie Stroma e Chukwudi Iwuji. Na trama, o controverso herói busca por respostas ao ser convocado para uma nova (e improvisada) força-tarefa do governo americano.

Continua após a publicidade

Com muito humor, rock’n’roll e críticas sobre preconceito e falsas primeiras impressões, Pacificador é um ótimo exemplar do entretenimento que não se leva tanto a sério. Os demais capítulos da série serão lançados semanalmente, às quintas.

+Assine a Vejinha a partir de 12,90. 

Publicado em VEJA São Paulo de 19 de janeiro de 2022, edição nº 2772

Continua após a publicidade

Publicidade