Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

‘Maestro’ comprova talento de Bradley Cooper na direção

Bradley Cooper ('Nasce Uma Estrela') brilha novamente como diretor e protagonista ao lado da ótima Carey Mulligan ('Bela Vingança')

Por Barbara Demerov
Atualizado em 20 dez 2023, 15h07 - Publicado em 8 dez 2023, 06h00

✪✪✪✪ Em Maestro, nas cenas em que o brilhante Leonard Bernstein (Bradley Cooper) rege sua orquestra, suas feições não estão em primeiro plano. O entorno (o ambiente em si ou os próprios músicos que o acompanham) também ganha a atenção da câmera.

+‘Anatomia de uma Queda’: ótimo filme de tribunal é destaque na Mostra SP

É desta mesma forma que, nos momentos em que o protagonista discute com sua esposa, Felicia Montealegre (Carey Mulligan), a câmera conduzida por Cooper (novamente na posição de diretor-ator) escolhe afastar a lente de seus personagens.

É como se o filme deixasse claro o distanciamento do casal – uma vez que, na primeira metade de Maestro, o drama mescla elementos de musicais e de romances de época (além do uso do preto e branco) para contar o início de um grande romance. Como contraponto, a homossexualidade do maestro é um tema recorrente que o longa  aborda desde a primeira cena.

Quando a trama ganha cores, seu contorno também muda. Cooper conta a história do maestro Bernstein utilizando elementos narrativos tradicionais do cinema – o grande amor, os desafios pelo caminho e, por fim, uma conclusão emocionante -, mas é complexo sugerir que Maestro é apenas mais uma cinebiografia feita para o Oscar.

Continua após a publicidade

O filme não se limita a tal definição pois há muita originalidade no jeito que Cooper conduz a narrativa. Ao se desprender de certas amarras em sua excelente primeira metade, a obra ganha fôlego para, com calma, entrar no esperado lugar-comum.

Acima de tudo isso, estão as marcantes atuações de Mulligan e Cooper. Elas funcionam extremamente bem tanto juntas como separadas, a ponto de ambas segurarem a vivacidade dessa história de amor e música até os créditos finais.

Maestro ganhou sessões especiais na 47ª Mostra SP, estreia em cinemas selecionados em 7 de dezembro e finalmente chega à Netflix em 20 de dezembro.

Filme visto na 47ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo.

Publicado em VEJA São Paulo de 08 de dezembro de 2023, edição nº 2871

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.