Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa abraça o significado de ‘filme-evento’

Em cartaz nos cinemas, terceiro capítulo da franquia estrelada por Tom Holland equilibra ação com momentos feitos para os fãs

Por Barbara Demerov
Atualizado em 16 dez 2021, 17h58 - Publicado em 16 dez 2021, 17h08

✪✪✪✪ Está em cartaz nos cinemas o aguardado filme Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, com Tom Holland e Zendaya nos papéis de Peter Parker/Homem-Aranha e Michelle Jones (MJ), respectivamente. Na trama, a identidade do amigo da vizinhança é revelada ao mundo todo e, com isso, a segurança de Peter e seus amigos e família é ameaçada.

Em uma tentativa de mudar essa realidade ao lado de Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch), Peter acaba vendo o efeito contrário: não só o mundo sabe quem ele é como também os vilões de outros universos do Homem-Aranha reaparecem para enfrentá-lo.

Pela premissa, a promessa da Sony Pictures em entregar uma grande experiência aos fãs havia sido criada desde o princípio. E a boa notícia é: essa promessa foi cumprida de forma integral. Spoilers e segredos à parte, a produção se apoia na grandiosidade do universo de Peter Parker e o talento de seu elenco para, então, manter o foco nas sequências de ação, culminando em uma vistosa aventura repleta de altos e baixos. O equilíbrio entre o espírito dos quadrinhos e o bem-vindo ‘pé no chão’ em questões sobre relacionamentos humanos funciona muito bem.

Electro, Homem-Areia e Lagarto em cena de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa
Electro, Homem-Areia e Lagarto em cena de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (Sony Pictures/Divulgação)

Assim como o roteiro de Chris McKenna e Erik Sommers, que traz mais maturidade e menos piadas ao longo da narrativa, o Peter de Tom Holland reaparece mais centrado em Sem Volta Para Casa. É claro que sua personalidade descontraída ainda se mantém presente – e, inclusive, é o estímulo para que o tema central seja trabalhado -, mas o protagonista está mais atento às ações e consequências do que nunca. Com ou sem o uniforme, Tom Holland lidera essa jornada com competência.

Como o esperado, os grandes vilões do jovem herói são o grande espetáculo e fazem valer o ingresso. Duende Verde (Willem Dafoe), Dr. Octopus (Alfred Molina), Electro (Jamie Foxx) e outras figuras já conhecidas pelo público garantem uma dinâmica interessante e inusitada, uma vez que todos refletem sobre seus próprios papéis no universo Homem-Aranha.

Em uma masmorra, Peter Parker e Doutor Estranho fazem um feitiço juntos
Doutor Estranho possui papel essencial em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (Sony Pictures/Divulgação)

MJ e Ned, personagens de Zendaya e Jacob Batalon, são o principal apoio de Peter, assim como tia May (Marisa Tomei). Mas, apesar de suas participações terem um papel descontraído no início, com o passar dos minutos o texto insere boas camadas de reflexões, drama e surpresas – algo que se encontra diretamente com o fato de o herói estar mais focado em fazer o melhor.

Por isso, é interessante notar que Sem Volta Para Casa vai ganhando cada vez mais maturidade na mesma medida que Peter Parker. Quando o filme abraça esse lado repleto de efeitos e danos irreparáveis, a experiência recebe tanta profundidade quanto Vingadores: Ultimato. No entanto, a essência da Marvel, com piadas pontuais e a valorização de momentos definitivamente emblemáticos, está ali para ninguém colocar defeitos.

As surpresas no terceiro ato dão todo o suporte para que este seja um verdadeiro ‘filme-evento’, que prioriza a experiência daqueles que acompanharam todos os vilões reintroduzidos – ou apenas uma parcela deles –, agora para uma nova geração. A união que o Multiverso da Marvel proporciona, de fato, funciona.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.