Imagem Blog

Bichos

Tudo sobre o mundo pet
Continua após publicidade

VÍDEO: Cobra píton passa por cirurgia para a retirada de ovos entalados

Uma cobra píton do Zoológico Quinzinho de Barros, em Sorocaba, passou por cirurgia para a retirada de ovos não fecundados que estavam entalados em seu corpo. Com quatro horas e trinta minutos de duração, o procedimento foi realizado por cinco médicos veterinários na clínica da Universidade de Sorocaba (Uniso). + Cão que perdeu movimento das patas […]

Por Fábio Lemos Lopes
Atualizado em 26 fev 2017, 15h56 - Publicado em 18 jun 2015, 16h53
Cobra píton: cirurgia aconteceu na clínica veterinária da Universidade de Sorocaba (Divulgação/Prefeitura Municipal de Sorocaba)

Cobra píton: cirurgia aconteceu na Universidade de Sorocaba (Divulgação/Prefeitura Municipal de Sorocaba)

Uma cobra píton do Zoológico Quinzinho de Barros, em Sorocaba, passou por cirurgia para a retirada de ovos não fecundados que estavam entalados em seu corpo. Com quatro horas e trinta minutos de duração, o procedimento foi realizado por cinco médicos veterinários na clínica da Universidade de Sorocaba (Uniso).

+ Cão que perdeu movimento das patas volta a andar e dona se emociona

O trabalho foi acompanhado por alunos.  A coordenadora do curso, Ana Carolina Correa Porto Rossi explicou que a cirurgia é considerada “incomum”. Equipe da universidade gravou um vídeo da cirurgia:

Continua após a publicidade

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=ghyMwRy0IlE?feature=oembed&w=500&h=281%5D

A serpente, que vive no zoológico há cerca de vinte anos, preocupava os veterinários pela falta de apetite e perda de peso. Após passar por exames em fevereiro, foi constatado que ela tinha cinco ovos não fecundados retidos no organismo. Uma semana antes da cirurgia, os médicos fizeram novos exames e constataram que havia apenas um ovo retido. “Não se sabe se ela expeliu ou absorveu os outros”, disse a professora.  A serpente então foi encaminhada para cirurgia.

+ Novo programa de TV mostra rotina dos cachorros da Polícia Militar

Após ser anestesiado e entubado, o animal passou por exames de ultrassom e radiografia para que os veterinários pudessem ver a posição do óvulo para guiar a infusão cirúrgica. O local do corte foi a 1,5 metro da cauda. Quando abriram o animal, a equipe encontrou um ovo calcificado e treze presos no organismo da serpente. Para o problema não acontecer novamente, a serpente foi castrada.

O animal, que mede cerca de 3 metros, está em recuperação no zoológico. A píton recebe constantemente acompanhamento médico veterinário e visitas de estudantes da universidade.

+ Vídeo: pit bull escala parede de quase 4 metros de altura

Em natureza, a espécie Python reticulatus habita as florestas tropicais úmidas de lugares como Indochina, Indonésia, Filipinas, e faz naturalmente a postura de 25 a 80 ovos, que são incubados pela fêmea por cerca de noventa dias.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.