Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Casa onde morou Cacilda Becker vira restaurante

Com menu da chef e sócia Luiza Hoffmann, Atto abre nesta quinta (2) e tem alguns pratos e drinques inspirados no paladar da atriz

Por Arnaldo Lorençato 2 jun 2022, 11h12

O nome Atto, assim com dois “tes”, não foi escolhido ao acaso. Batiza o restaurante que será aberto nesta quinta (2), num casarão no Itaim Bibi onde a atriz Cacilda Becker (1921-1969) morou parte de sua vida — o mais famoso endereço dessa estrela do teatro brasileiro é outro: a cobertura do Edifício Baronesa de Arary, vizinha ao Parque Trianon e hoje habitada pelo masterchef Henrique Fogaça.

O sobrado ganhou  fachada de vidro onde está instalado o bar. Em homenagem à artista, a carta de drinques e o cardápio trazem alguns itens  que seriam uma reinterpretação do paladar da dama dos palcos.

Projeto em 3D do restaurante Atto
O sobrado de esquina: bar na entrada Mel.a Arquitetura e Interiores/Divulgação

As receitas são da chef e sócia Luiza Hoffmann, que explica que pratos e coquetéis “que Cacilda gostava foram pesquisados junto aos familiares”.  São assim o nhoque de milho vegetariano com creme de mascarpone, crocante de parmesão e minimilho na brasa (78 reais) e a rabanada vegana com ganache de chocolate e compota de morango (28 reais).

Ainda na mesma linha culinária sem fronteiras que caracteriza o trabalho da cozinheira, Luiza propõe o carpaccio de robalo com limão-caviar, pinhole e azeite de coentro (68 reais) e o polvo grelhado com arroz-bomba caldoso de barriga de porco, creme de limão-siciliano e tela crocante de tinta de lula (128 reais).

Continua após a publicidade

Talita Simões é a bartender responsável pela montagem da lista de coquetéis que têm execução de Chris Machado (ex-Mocotó). Espaçoso, o Atto representa um investimento de 5 milhões de reais no cálculo dos sócios e tem capacidade acomodar 120 clientes ao mesmo tempo.

Nesta quinta (2) e na sexta (3), recebe o público em geral apenas para o jantar. A partir de sábado, o Attos abre para almoço e jantar. A conferir.

Atto. Rua Pais de Araújo, 138, Itaim Bibi, 3078-0203 e WhatsApp 94810-0000 (120 lugares).  12h/15h e 18h/23h (sex. e sáb. sem intervalo até 23h30; dom. sem intervalo até 22h; fecha seg.). @atto.restaurante. 

+Assine a Vejinha a partir de 12,90. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês