Imagem Blog

Blog do Lorençato

Por Arnaldo Lorençato
O editor-executivo Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há mais de 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 16 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista é professor-doutor e leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie
Continua após publicidade

Buttina em versão rotisseria

No início da semana, os proprietários do Buttina lançaram uma nova marca. Não se trata de mais um restaurante, mas uma rotisseria intitulada Casa Buttina. Ela funciona na entrada do salão, onde se concentram prateleiras coloridas, balcão e freezers. Depois dessa reformulação do ambiente, as refeições passaram a ser servidas na parte dos fundos. “Aproveitamos […]

Por Arnaldo Lorençato Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 fev 2017, 00h10 - Publicado em 20 set 2013, 16h42

O casal de proprietários Filomena e José Otavio: massas, molhos e antepastos para levar (Foto: divulgação)

No início da semana, os proprietários do Buttina lançaram uma nova marca. Não se trata de mais um restaurante, mas uma rotisseria intitulada Casa Buttina. Ela funciona na entrada do salão, onde se concentram prateleiras coloridas, balcão e freezers. Depois dessa reformulação do ambiente, as refeições passaram a ser servidas na parte dos fundos.

“Aproveitamos começar esse novo negócio no mês que a cantina completa 17 anos”, conta a chef Filomena Chiarella, que tem como sócio nesse negócio familiar o marido, José Otávio Scharlach.

Agora é possível levar para casa as massas que fizeram a fama do Buttina, tanto as secas quanto as recheadas. Fazem parte do primeiro grupo pappardelle, talharim branco e verde de espinafre, paglia e fieno e o ótimo espaguetine de cacau. Na lista de sugestões frescas, encontram-se tortelli de abóbora, agnelotti de alcachofra, ravióli de mussarela de búfala e fazzoletti de ricota e nozes. Filomena recomenda ainda a lasanha. “Caso o cliente queira, basta trazer a própria travessa que montamos para ele.”

Também estão-se à disposição os molhos sugo, bolonhesa e calabresa, além da braciola (bife enrolado e recheado de bacon, parmesão, alho e salsinha no molho de tomate) e o stracotto al vino (carne cozida lentamente no vinho tinto).

Continua após a publicidade

Para a refeição ficar completa, há ainda antepastos e, de sobremesa, o trio de tortas de castanha-do-pará, de amêndoa coberta com macarrão cabelo de anjo e de com cobertura de chocolate.

Esses produtos são facilmente reconhecidos porque foram criadas para eles embalagens especiais com uma caricatura da cozinheira, a “Filozinha”, desenhada pelo cartunista Gustavo Duarte.

Filomena e José Otávio, que tem uma atraente carta com rótulos italianos de quase todas as regiões da Itália, também põe à venda os vinhos de seu estoque.

Continua após a publicidade

“Nossa ideia é ampliar o número de lojas. Queremos que o Buttina seja apenas a primeira sede”, projeta Filomena.

Perguntei a ela o motivo dessa virada e resposta é busca de uma solução para um problema cada vez mais recorrente entre muitos restaurantes da cidade. “Tivemos uma queda grande de movimento no jantar. As pessoas estão muito receosas de sair de casa por causa dos arrastões, embora não tenhamos tido nenhum tipo de ocorrência como essa no Buttina.”

Embalagens especiais: produtos para fazer em casa (Foto: divulgação)

Confira o cardápio da Casa Buttina:

(Clique na imagem para ampliar)

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.