Imagem Blog

Blog do Lorençato

Por Arnaldo Lorençato
O editor-executivo Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há mais de 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 16 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista é professor-doutor e leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie
Continua após publicidade

9 vinhos até 59 reais

Bateu o friozinho e para aquecer um vinho tinto vai muito bem. Para você abrir algumas garrafas que não fazem feio e não esvaziam a carteira, organizei uma seleção com nove rótulos. O mais caro deles custa 59 reais. Afinal, com o dólar nas alturas é preciso ficar atento aos preços dos vinhos nas prateleiras + Os […]

Por Arnaldo Lorençato Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 26 fev 2017, 12h11 - Publicado em 29 abr 2016, 19h04
LOCAL: TAZZA ENDEREÇO: Rua Mourato Coelho, 1140, Vila Madalena TEL.: 3564-9581 Por favor, clicar: - Salões (com pessoas) e gente se servindo dos vinhos nas máquinas - Taças de vinho (juntas e separadas): branco Kendall Jackson,  tinto La Roquette Châteauneuf du Pape e tinto Schubert Marion's Vineyard Pinot Noir - Taça de vinho Roquette Châteauneuf du Pape com copo e jarra de água filtrada ao lado - Bolinhos de camarão (sozinho e ao lado da taça de vinho branco Kendall Jackson) - Almôndegas de cordeiro com iogurte (ao lado da taça de vinho La Roquette Châteauneuf du Pape)

Taças cheias: sem crise (Foto: Mario Rodrigues)

Bateu o friozinho e para aquecer um vinho tinto vai muito bem. Para você abrir algumas garrafas que não fazem feio e não esvaziam a carteira, organizei uma seleção com nove rótulos. O mais caro deles custa 59 reais. Afinal, com o dólar nas alturas é preciso ficar atento aos preços dos vinhos nas prateleiras

+ Os ótimos tintos da vinícola paulista Guaspari

Os vinhos podem ser encontrados em três supermercados da cidade. Confira:

 

Casa Santa Luzia

Vinhos_Santa Luzia

Ventoux La Pinède Grandes Serres (49 reais)
Produzido na região do Rhonê, sul da França, é uma composição da uvas típicas da região: Grenache, Mouvèdre e Cinsault. Fácil de beber, tem médio corpo.

Chinon Les Grands Jardins du Loire (59 reais)
Do produtor Fourcher Lebrun, leva na composição uma única uva: a cabernet franc. É um vinho leve, mas que pode ser consumido carnes, em especial o pato.

Continua após a publicidade

Domaine Bousquet Malbec (59 reais)
Embora tenha nome francês, este rótulo é produzido na vizinha Argentina. Leva apenas a uva típica da região e vai bem com carnes grelhadas ou na frigideira.

 

Pão de Açúcar – Ricardo Jafet

 

Vinhos_pao de açucar
Aves Del Sur Carmenère (26,90 reais)
Esse vinho não poderia ser nem mais simples nem mais adequado ao preço. Custa uma pechincha este chileno da uva carmenère e é de importação do próprio Pão de Açúcar, o que ajuda a justificar o preço.

Tempranillo Viña Brava (49,90 reais)
Do portfólio do produtor Miguel Torres, um dos mais renomados da Espanha, é um tinto agradável que vale tanto para tomar como aperitivo ou acompanhar carnes leves.

Cabeça de Toiro Reserva Tinto (58,90 reais)
Outro português que não faz feio. É elaborado no Ribatejo com as castas touriga nacional  e castelão. Tem a vantagem de se beneficiar dos efeitos da madeira, uma vez que passa nove meses em barricas de carvalho francês. Para quem está pensando em fazer um encontro de queijos e vinhos com amigos, achou a garrafa certa.

 

St Marche

Vinhos_St Marche

Portillo Cabernet Sauvginon (59 reais)
Quem não gosta de um desconto? Este argentino tinto, muito bom para comer com assados, custa 72 reais. Mas até 20 de maio sai por 58 reais. São quase 20% de desconto.

Alandra (44,90 reais)
Da lavra de um dos mais importantes produtores de Portugal, o Esporão, na região do Alentejo, é um dos mais simples no portfólio da empresa. Em sua composição entram as uvas lusas sempre com nomes divertidos: moreto, castelão e trincadeira.

Continua após a publicidade

Callia Alta Malbec (45 reais)
Da Argentina, esse vinho tem um estilo moderno e destaca-se pela leveza. Pode acompanhar tanto um petisco quanto uma refeição completa.

Com reportagem de Saulo Yassuda

Caderno de receitas:
+ Suflê de queijo gruyère, do Marcel
+ Galette de ovo, presunto e emmental, do Sarrasin
+ Petit gâteau, do chef Erick Jacquin

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook. Também é possível saber as novidades pelo Twitter.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.