Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

União Brasileiro-Israelita do Bem-Estar Social completa 95 anos

Memória Paulistana: entidade ajudou cerca de 90.000 imigrantes judeus que vieram ao Brasil

Por Mauricio Xavier [com reportagem de Carolina Giovanelli, Giovana Romani e Nathalia Zaccaro] Atualizado em 5 dez 2016, 17h54 - Publicado em 22 jul 2011, 21h10

Ao longo de sua história de 95 anos, a União Brasileiro-Israelita do Bem-Estar Social (Unibes) calcula ter ajudado cerca de 90.000 imigrantes judeus que chegaram ao Brasil na primeira metade do século passado. Durante a II Guerra Mundial, a entidade, cuja sede principal fica no bairro paulistano do Bom Retiro, criou diversas campanhas de auxílio aos refugiados.

+ Confira mais Mistérios da Cidade

Entre outras ações importantes, enviou roupas e mantimentos à Europa e trabalhou para que as famílias já estabelecidas aqui recebessem as correspondências enviadas pelos parentes que ficaram na zona do conflito. Em 1976, a partir da fusão de três entidades judaicas, a instituição assumiu o nome atual.

Publicidade